No retorno dos trabalhos dos deputados distritais, a partir de 3 de fevereiro, haverá uma mudança no sistema de votações em virtude da instalação do painel eletrônico.

Para adequar o Regimento Interno da CLDF a essa nova realidade, foi aprovado, na sessão extraordinária na sexta-feira (13), em segundo turno e redação final, o projeto de resolução nº 35/2019, para alterar o artigo nº 194 do regulamento, que trata das votações nominais.

Segundo o vice-presidente da Casa, deputado Delmasso (Republicanos), no retorno dos trabalhos, “teremos o painel e os dispositivos instalados nas bancadas, o que possibilitará aos parlamentares a votação pelo sistema eletrônico”.

A medida – que faz parte de uma série de atualizações, como a implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) – tem o objetivo, segundo Delmasso, “de levar a Câmara Legislativa ao século XXI” e recebeu o apoio dos distritais.

O deputado Fábio Felix (PSOL), por exemplo, destacou que a iniciativa é “muito positiva”, entre outros motivos, porque aumentará a transparência do Poder Legislativo.

“Será bom para a sociedade; para a imprensa, que acompanha as votações; e para a atuação parlamentar”, resumiu.

Funcionamento – Durante o recesso parlamentar, que começou na segunda-feira (16), ficarão suspensas as sessões deliberativas, as reuniões das comissões e demais atividades parlamentares, mas a Câmara Legislativa prosseguirá realizando suas demais ações.

Desde segunda-feira (16), o horário sofreu alterações. O atendimento ao público será das 13h às 19h – mesmo horário a ser observado durante todo o mês de janeiro. Nas semanas em que se comemoram o Natal e Ano Novo não haverá expediente

Com informações de Marco Túlio Alencar
Foto: Carlos Gandra/CLDF
Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui