Desemprego cai e fecha 2019 em 11,9%

Fila de trabalhadores no teatro municipal de Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba, para se candidatar a uma vaga de emprego na rede Mufato - carteira de trabalho - desemprego - trabalho - candidato a vaga de emprego - contratação de mão de obra - funcionario registrado em carteira profissional -

Fonte: Jornal Opção do Entorno

 

Dentro das projeções dos analistas, a taxa de desemprego no Brasil terminou o ano de 2019 em queda.

De acordo com os dados da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) divulgados nesta sexta-feira (31) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O resultado é o menor desde o trimestre encerrado no mês de março de 2016, quando foi de 10,9%, e veio igual à mediana calculada pelo Projeções Broadcast.

De outubro à dezembro de 2018, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 11,6%. No trimestre até novembro do ano passado, a taxa foi de 11,2%.

A taxa de desemprego foi de 11,9% em 2019, na média anual, índice igual à média projetada por analistas do mercado financeiro e a menor em três anos.

No último trimestre, a população desocupada somou 11,6 milhões de brasileiros com queda de 7,1%, menos 883 mil pessoas em relação ao trimestre anterior e 4,3% menor que o mesmo período de 2018. A média anual de desocupados ficou em 12,6 milhões, 1,7% a menos que em 2018.

BSBTimes

Antropólogo, sociólogo, estudou ainda economia e Direito, especialista em antropologia econômica. Com mais de 16 anos de experiência na Admisnitração pública, já atuou em diversos porgãos do Governo do Distrito Federal. Gaúcho de Passo Fundo, radicado no DF a 27 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui