Espanha reduz a 674 a cifra de mortos nas últimas 24 horas e confirma a diminuição da epidemia

É o terceiro dia consecutivo com uma redução no número de mortos por coronavírus no país

Espanha cumpre neste domingo três semanas de confinamento com um balanço de 12.418 pessoas falecidas com coronavírus depois de se confirmar nas últimas 24 horas a morte de 674 contaminados, a cifra mais baixa desde o passado 26 de Março.

Dessa forma, a tendência segue a baixar e é o terceiro dia consecutivo com uma redução em número de mortos, que alcançou seu pico na última quinta-feira (2 de Abril) com 950 mortos.

Espanha é o segundo país em número de casos: 130.759 contagiados, só estando atrás dos Estados Unidos. Os curados são já 38.080, o 29,1% do total.

O coronavírus segue desde o começo da crise afetando os trabalhadores sanitários, licenças por contaminação, isolamentos domiciliar e internações em hospitais, estão sendo uma constante.

Hoje, domingo (05), morreu um médico de 61 anos que trabalhava na unidade de atenção domiciliar. Com esta morte já são 9 médicos, uma enfermeira, uma técnica em cuidados auxiliares e 8 farmacêuticos. Entre os sanitários contagiados, já somam 3.103 somente em Madrid.

O Sindicato e trabalhadores do setor creem que este número esteja muito abaixo da realidade divulgada.
O Presidente Pedro Sanchez, que ontem anunciou uma nova prorrogação do estado de alerta até o dia 26 de Abril, pediu para os governadores e prefeitos dos estados e cidades uma lista de alojamentos tanto públicos como privados disponíveis para isolar os contagiados sem sintomas durante essa descida do número de contagiados e falecidos.

Por outra parte, a Polícia Nacional está alertando sobre as “FAKE NEWS”, são as notícias falsas através de internet que estão informando de maneira errônea sobre o coronavírus com a intenção de confundir, roubar ou iludir a população.

As unidades especializadas rastreiam as redes diariamente e interceptam milhares de informações falsas que já somam um milhão e meio de falsas notícias. O comandante da Polícia Nacional pede para que as pessoas que estão buscando notícias via internet, que busquem em webs oficiais e se for necessário, chamar aos telefones que foram colocados à disposição dos habitantes.

BSBTimes
Com informações de Sandra Cristina correspondente na Espanha do Fala Barreiras

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui