Bolsonaro promete reduzir tributos e pede que empresários lutem contra Doria

Bosonaro x Dória - BSB Times

Em videoconferência hoje com quase 500 empresários, o presidente Jair Bolsonaro prometeu reduzir tributos para ajudar na recuperação da economia e pediu que o setor privado lute contra um “lockdown” que estaria sendo preparado pelo governador de São Paulo, João Doria.

Fonte: CNN BRASIL

Segundo participantes do encontro, Bolsonaro disse que o governador paulista é “midiático”, que recebeu a informação de que ele estaria “preparando um lockdown em São Paulo na semana que vem” e pediu que os empresários lutem contra a medida.

“Se for isso mesmo, é guerra. Se quiserem eu vou a São Paulo, vocês tem que lutar contra o governador”, disse o presidente, conforme uma fonte que esteve na videoconferência.

Também presente ao encontro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, prometeu reduzir encargos na saída da crise gerada pelo coronavírus, mas não detalhou quais. Ele já mencionou anteriormente, no entanto, que planeja reduzir os encargos da folha de pagamento. “Não pode ter imposto sustentando servidor público”, afirmou Guedes.

Leia também: 
Meu embate não é contra Bolsonaro, e sim contra o novo coronavírus, diz Doria
Com quarentena, arrecadação de SP caiu 22% em abril, diz Meirelles

O ministro também prometeu facilitar os investimentos aprovando o marco do saneamento, alterando a lei de partilha de petróleo e agilizando a privatização da Eletrobras. Não mencionou, no entanto, as dificuldades que esses projetos enfrentam no Congresso.

Ainda no início do encontro, que durou quase duas horas, Bolsonaro criticou a mídia. Segundo o presidente, a imprensa ataca sua postura sobre o coronavirus, mas a maioria já reduziu os salários dos seus trabalhadores em 25%.

Conforme apurou a reportagem, boa parte dos jornais do país aderiu a medida provisória do governo por se encontrar em dificuldades financeiras. Bolsonaro também pediu que os empresários anunciem em veículos que o apoiam – repetindo apelo que já havia feito em outras ocasiões.

Em nota, João Doria, governador de São Paulo, disse que, “mais uma vez, o presidente da República perde a chance de defender a saúde e a vida dos brasileiros. São Paulo está lutando para proteger vidas.”

Doria ainda afirmou que o presidente Jair Bolsonaro “despreza vidas.” “Ele prefere fazer comícios, andar de jet ski, treinar tiros e fazer churrasco. Enquanto isso, milhares de brasileiros estão morrendo todos os dias”, disse. “Acorde para a realidade presidente Bolsonaro. Saia da bolha de ódio e comece a ser um líder se for capaz.”

BSB TIMES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui