Após advertência no Twitter, Trump ameaça “fechar” redes sociais

Após advertência no Twitter, Trump ameaça “fechar” redes sociais

Duas postagens do presidente foram classificadas como enganosas ou possíveis disseminadoras de informações não verificadas

Fonte: Jornal Opção

Nesta quarta-feira, 27, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou “regulamentar fortemente” ou “fechar” as redes sociais. A declaração aconteceu após o Twitter classificar duas de suas postagens como “enganosas” e possíveis disseminadoras de informações não verificadas.

“Os republicanos acham que as plataformas de mídia social silenciam completamente as vozes conservadoras. Vamos regulá-las fortemente, ou vamos fechá-las, em vez de permitir que algo assim aconteça”, tuitou o presidente.

No tuítes vetados o presidente dizia que o voto pelos correios levaria a uma eleição fraudulenta. “Não há como o voto pelos correios ser outra coisa diferente de algo substancialmente fraudulento”, postou. Abaixo das publicações, o Twitter colocou um link que diz: “Obtenha informações sobre a votação pelos correios”.

Segundo a Agence France-Presse (AFP), um porta-voz da Casa Branca afirmou, sem entrar em detalhes, que Trump assinará nesta quinta-feira, 28, um decreto de “redes sociais”.

BSB TIMES

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui