Gilmar Mendes defende legalidade do inquérito das Fake News

Depois de Celso de Mello citar Hitler, Gilmar Mendes pede ‘ponderação e cuidado’

Fonte: News Atual

O ministro afirmou que o inquérito ser calcado no artigo 43 do regimento interno da Corte “é algo absolutamente regular, não temos dúvida disso”, e estima que a discussão acerca da legalidade do inquérito ocorra em Plenário nesta ou na próxima semana.

Gilmar Mendes disse ainda que a suposta rede de robôs que espalha fake news “precisa ser revelada e combatida”, porque ela pode ser “muito danosa à democracia”.

Na entrevista, o ministro ainda deixou claro que discorda da interpretação que juristas como Ives Gandra Martins dão ao artigo 142. Para ele, o artigo não coloca as Forças Armadas como poder moderador entre o STF e o Executivo.

BSB TIMES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui