Covid-19: GDF investe mais de R$ 2,5 milhões na compra de 50 respiradores

Ao todo, o DF tem 526 leitos de UTI destinados a infectados pelo coronavírus

Entregues no Parque de Apoio da Secretaria de Saúde, equipamentos serão distribuídos entre os hospitais do DF com infectados pela Covid-19

VICTOR FUZEIRA

As unidades públicas de saúde do Distrito Federal começaram a receber, nesta quinta-feira (11/06), 50 novos respiradores para uso de pacientes com o novo coronavírus.
Do total de equipamentos, 25 são do tipo estacionário e a outra metade é portátil. Foram investidos mais de R$ 2,5 milhões na compra dos equipamentos.

Entregues no Parque de Apoio da Secretaria de Saúde do DF (SES), os respiradores serão, futuramente, distribuídos entre os hospitais com pacientes da Covid-19. Dez deles já foram entregues ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC).

Segundo a pasta, a unidade de saúde foi a primeira do DF a receber os aparelhos, em função do aumento de casos da doença na região administrativa.

Cada unidade do respirador estacionário saiu por R$ 60 mil e foram compradas diretamente do Ministério da Saúde. Os portáteis custaram R$ 41 mil.

Nesta quinta-feira, o total de óbitos registrados no DF em decorrência da Covid-19 subiu para 250. Ao todo, 20.507 pessoas foram diagnosticadas com a doença – mais de 11 mil já se recuperaram.

BSB TIMES (Com informações da Agência Brasília)

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui