Deputados bolsonaristas invadem hospital público no Espírito Santo

Torino Marques, Deputado Estadual. Foto: Instagram,

Parlamentares entraram na unidade após fala do presidente incentivando as ações. Profissionais de saúde e governo local repudiaram o ato

Por Luciana Lima, Metrópoles

Deputados estaduais do Espírito Santo, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, fizeram uma “visita surpresa” ao Hospital Dório Silva, no município de Serra, região metropolitana de Vitória, após a sugestão dada pelo próprio presidente para que pessoas tentem entrar nas unidades de saúde e filmar os leitos.

A ação dos parlamentares ocorreu na tarde de sexta-feira (12/03) e gerou descontentamento de profissionais da área médica. Em nota pública divulgada neste sábado (13/06), a Secretaria de Estado da Saúde repudiou o que chamou de “invasão”.

Na nota a Secretaria de Saúde destaca que “é inadmissível esse tipo de atitude, no momento em que o Espírito Santo, o país e o mundo enfrentam a mais grave crise de saúde em nossa geração. Mais grave é o fato de que essa atitude foi insuflada por uma declaração irresponsável do chefe da nação”, diz a nota.

Participaram da inspeção os deputados Torino Marques (PSL), Danilo Bahiense (PSL), Alexandre Xambinho (PL), Vandinho Leite (PSDB) e Lorenzo Pazolini (Republicanos). Nenhum dos parlamentares é da área médica.

O deputado Torino Marques divulgou a ação em suas redes sociais e disse que iria mostrar a “realidade da situação por dentro”.

Em coletiva de imprensa, o secretário Nésio Fernandes considerou a ação dos deputados de “baixo perfil” e resultante da provocação do presidente: “Grupos extremistas do Brasil inteiro iniciaram um processo indecoroso e de maneira abrupta e intempestiva invadiram hospitais públicos do país. Houve agressões a equipamentos e trabalhadores da saúde em outros estados”.

O incentivo às invasões de hospitais por parte do presidente ocorreu na quinta-feira (11/06), em uma transmissão ao vivo. O presidente disse para que as pessoas “arranjem um jeito” de entrar em hospitais de campanha ou públicos que estejam atendendo pacientes com Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, e filmar a situação.

“Tem um hospital de campanha perto de você, tem um hospital público, arranja uma maneira de entrar e filmar. Muita gente tá fazendo isso, mas mais gente tem que fazer, para mostrar se os leitos estão ocupados ou não, se os gastos são compatíveis ou não”, incentivou o presidente.

Bolsonaro não falou sobre eventuais riscos sanitários a que as pessoas estarão expostas caso aceitem a sugestão ou sobre possíveis problemas de segurança ou consequências para quem trabalha nas unidades. O presidente alegou que queria que mandassem para ele, “pelas redes sociais”, e isso seria então de alguma forma encaminhado para apuração.

Leia a íntegra da nota da Secretaria de Estado de Saúde do Espírito Santo:

A Secretaria de Saúde (Sesa) manifesta repúdio à invasão das instalações do Hospital Dório Silva, no município da Serra, por alguns deputados estaduais e outras pessoas estranhas ao ambiente hospitalar. É inadmissível esse tipo de atitude, no momento em que o Espírito Santo, o País e o mundo enfrentam a mais grave crise de saúde em nossa geração. Mais grave é o fato de que tal atitude foi insuflada por uma declaração irresponsável do chefe da Nação.

Tal atitude intempestiva, por parte dos invasores, colocou em risco pacientes e servidores, já que estes indivíduos quebraram todo tipo de protocolo sanitário, transitando em alas destinadas a pacientes com Covid e alas de outras enfermidades.

Além da violação do direito à imagem de todas as pessoas constrangidas pelos invasores por meio da captação de imagens sem autorização, o ato é um desrespeito aos familiares que, devido a esses protocolos, não podem sequer ter contato com seus entes queridos.

Lamentamos o ocorrido e clamamos que as autoridades constituídas tenham dimensão de suas responsabilidades neste momento.

Esta Secretaria nunca se furtou de prestar informações ao Legislativo e a toda sociedade Capixaba. Contudo, a legislação prescreve todas as vias legais e não será o abuso de poder e a intimidação que nos levará a superar essa pandemia.

BSB TIMES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui