DF sobe 11 posições no ranking de maior crescimento de mortes por Covid-19

Quantidade de óbitos por conta da doença cresceu 60,2% no DF desde o início do mês

Em junho, o Distrito Federal foi a unidade da Federação (UF) que registrou o sétimo maior aumento no número de mortes causadas pela Covid-19 no país. Neste mês, o DF subiu 11 colocações se comparado com maio, quando a capital do Brasil se encontrava na 18ª colocação.

A UF tinha, no primeiro dia de junho, 171 mortes causadas pelo novo coronavírus, mas esse total pulou para 282 no balanço divulgado pelo Ministério da Saúde na sexta-feira (12/06). Os 103 óbitos representam um crescimento de 64,9% antes mesmo da metade do mês.

No período, a incidência de mortes no DF passou de 5,7 a cada 100 mil para 9,4 a cada 100 mil. Os estados que estão na frente do DF são Mato Grosso (165,15%), Piauí (88,7%), Rondônia (86,2%), Sergipe (83,7%), Tocantins (68,4%) e Roraima (65,5%). Os números da Covid-19 são coletados diariamente pelo (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, para alimentar o painel com informações sobre a pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui