Agrodefesa aprova projetos para produção de queijos artesanais em Goiás

A Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), órgão do Governo de Goiás, já aprovou quatro projetos destinados à produção de queijo artesanal, em conformidade com a legislação que normatiza este segmento de alimento de origem animal. São elas a Queijaria Serra do Bálsamo, de Guapó; Bragança Alimentos, de Bela Vista de Goiás; Fazenda Coqueiral, de Corumbá de Goiás e Fazenda Matinha, de Hidrolândia. O presidente da Agrodefesa, José Essado, ressalta que a produção de queijos artesanais começa a se tornar realidade e deve ganhar força em Goiás nos próximos anos, gerando mais empregos, renda e reforço à economia do Estado.

A aprovação pela Agência ocorreu após a avaliação dos projetos apresentados pelos produtores interessados. O próximo passo agora é a construção das instalações, concessão do Selo Arte e registro dos rótulos para início da comercialização. De acordo com o gerente de Inspeção da Agrodefesa, Paulo Lucas Viana Filho, pelo interesse demonstrado pelos produtores, a previsão é que em breve tenha início a produção comercial para oferta ao mercado. Os queijos artesanais são produtos diferenciados, com características próprias e qualidade comprovada. O processamento é feito com observância de padrões rígidos de controle de produção, o que agrega mais valor e torna os produtos bem aceitos pelo mercado consumidor.

Em Goiás, a produção de queijo artesanal foi normatizada pela Lei 20.361, de 5 de dezembro de 2018. A regulamentação do Selo Arte, pelo Governo Federal, ocorreu em 23 de julho de 2019. Na sequência, em novembro de 2019, o governador Ronaldo Caiado baixou o Decreto nº 9.551, delegando à Agrodefesa a atribuição de aprovar os projetos e fiscalizar a produção no Estado. Após esta fase de definição do arcabouço legal, os técnicos da Agência debateram a questão com todos os segmentos envolvidos e interessados na produção, culminando com a publicação da Instrução Normativa nº 06, de 20 de dezembro de 2019, que regulamentou todo o processo de produção e comercialização dos queijos artesanais em Goiás.

FONTE: Site do Governo do Estado de Goiiás

FOTO: Site www.rdmonline.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui