Governo do DF exonera subcomandante da Polícia Militar após ataques ao STF

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), exonerou na tarde de hoje o subcomandante geral da Polícia Militar do DF, Sérgio Luiz Ferreira de Souza. A decisão foi anunciada em decreto em edição extra do Diário Oficial local. O militar era o responsável pelas operações da PM no final de semana, mas não coibiu o ataque com fogos de artifício à sede do STF (Supremo Tribunal Federal) na noite de ontem. Os lançamentos ocorreram sem interferência policial.
Em declarações divulgadas pela Globonews, Ibaneis criticou o subcomandante pela falta de ações no ataque, e prometeu que novos ataques aos Poderes serão alvos de reação policial. “A exoneração do vice-comandante se deu pelo fato de não se admitir ataque à República e aos Poderes. O vice-comandante deveria ter tomado as atitudes corretas para que não se chegasse ao ponto de jogar fogos em cima de um Poder, que é o nosso Supremo Tribunal Federal”, disse o governador. “E faria isso, e vou fazer em relação a qualquer um deles.
Se jogarem fogos em cima do Executivo, eu vou tomar as providências. Do Legislativo, da mesma maneira. Isso é uma posição minha e eu quero que esse país e eu quero que esse país cresça, muito”, acrescentou. “Então, aqueles que acham que virão para Brasília para fazer baderna, fiquem nos seus lugares, porque aqui elas serão reprimidas de forma bastante virulenta, porque eu sei usar o poder”, concluiu.
FONTE: Site UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui