Com novo corte, Copom reduz taxa básica de juros a 2,25% ao ano

Com a piora do cenário econômica em meio a pandemia da Covid-19, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decidiu, nesta quarta-feira (17), reduzir mais uma vez a taxa básica de juros. Com o oitavo corte consecutivo, a Selic passa agora para mínima histórica, de 2,25% ao ano.

Anna Russi, do CNN Brasil

Com a piora do cenário econômica em meio a pandemia da Covid-19, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decidiu, nesta quarta-feira (17), reduzir mais uma vez a taxa básica de juros. Com o oitavo corte consecutivo, a Selic passa agora para mínima histórica, de 2,25% ao ano.

O novo corte dá continuidade ao movimento de redução do juros o Brasil iniciado em julho de 2019, quando a taxa passou de 6,5% para 6%. Diante das expectativas de forte queda no desempenho da atividade econômica, a intenção do BC com juros baixos é uma tentativa de estimular a recuperação da economia, mas cujos resultados terão impacto principalmente a partir de 2021.

O Comitê entende que essa decisão reflete seu cenário básico e um balanço de riscos de variância maior do que a usual para a inflação prospectiva e é compatível com a convergência da inflação para a meta no horizonte relevante, que inclui o ano-calendário de 2021″, informou o Copom em comunicado à imprensa.Enquanto os economistas do mercado financeiro estimam queda de 6,51% para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2020, o Banco Mundial já espera tombo de 8%. A projeção da equipe econômica ainda está em contração de 4,7%.

BSB TIMES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui