LATAM Airlines anuncia suspensão das operações da filial Argentina por coronavírus

A companhia aérea chileno-brasileira LATAM anunciou nesta quarta-feira (17) que sua filial na Argentina suspenderá as operações por tempo indeterminado, já que diante do cenário da pandemia mantê-las não parece algo viável.

“A suspensão das operações da LATAM Airlines Argentina, por tempo indeterminado, obedece as atuais condições da indústria local, agravadas pela pandemia da COVID-19, logo não se percebe a viabilidade de um projeto sustentável”, indicou em comunicado a companhia, a maior da América Latina, fortemente atingida pela pandemia.

Após 15 anos de operações nesse país, a LATAM Airlines Argentina deixará de voar em 12 destinos domésticos, enquanto quatro destinos internacionais – Estados Unidos, Brasil, Chile e Peru- continuarão sendo operadas por outras filiais da LATAM.

“É uma notícia lamentável, porém, inevitável. A LATAM hoje deve focar na transformação do grupo para adaptar-se à aviação após a COVID-19”, afirmou Roberto Alvo, CEO da LATAM Airlines Group.

A notícia chega em meio à crise em que a LATAM está enfrentando, fortemente afetada pelas medidas que restringiram seus voos nos países onde opera devido à pandemia do novo coronavírus.

Na Argentina, a companhia deixará de operar após anos de uma conflituosa relação com os governos e os sindicatos, sobretudo no mercado de cabotagem.

A LATAM foi fundada em 2012 após a fusão da LAN chinela e da TAM brasileira. Antes da pandemia, voava para 145 destinos em 26 países. Possui mais de 42 mil funcionários e operou aproximadamente 1.400 voos diários antes da crise, transportando mais de 74 milhões de passageiros anualmente.

FONTE: REUTERS

FOTO: Site www.melhoresdestinos.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui