Três meses, Brasil tem 26% menos mortes violentas

Número de vítimas no trânsito, em homicídios e suicídios, por exemplo, caiu 4,8 mil entre março e maio em relação ao mesmo período de 2019

Fonte: Metrópoles, Otávio Augusto

As medidas de isolamento social adotadas para o controle da pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, impactaram o registro de mortes violentas no país. A queda chega a 26%. Entre os meses de março e maio deste ano houve 14.598 mortes violentas. No mesmo período de 2019, foram 19.748 óbitos do tipo.

Os dados são da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil) com base em registros lançados pelos Cartórios de Registro Civil no Portal da Transparência.

Mortes violentas são aquelas ocasionadas por causas externas, entre elas os acidentes de trânsito, homicídios, suicídios, afogamentos, envenenamentos e queimaduras, entre outros.

Reprodução: BSB TIMES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui