Ibaneis sobre operação do MPDFT: “Estou do lado dos nossos servidores de carreira. Acredito que agiram de boa-fé”

Brasília(DF), 24/12/2019 - Governador Ibaneis Rocha concede entrevista para o portal Metrópoles - Foto: Michael Melo/Metrópoles

Governador sugeriu que promotores investiguem empresas que, em meio à pandemia, cobraram entre R$ 40 e R$ 170 pelos testes

governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), disse confiar nos servidores de carreira que atuam na Secretaria de Saúde e que, nesta quinta-feira (2/7), foram alvo de operação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) em conjunto com a Polícia Civil do DF. O emedebista pontuou ainda que está ao lado dos funcionários da pasta.

“Os funcionários da Saúde têm toda a minha confiança. Todos estes (alvos da investigação) são servidores de carreira. Não acredito que tenham se envolvido em um conluio. Mas vamos aguardar o que as investigações vão trazer de concreto. Até que se prove o contrário, eles agiram de boa-fé. Qualquer situação diferente disso terá de ser provada pelo Ministério Público junto à Justiça”, afirmou Ibaneis à Grande Angular, do Metrópoles.

Sobre a iniciativa de promotores de Justiça que investigam indícios de superfaturamento estimado em R$ 30 milhões na compra de testes rápidos para a detecção do novo coronavírus, Ibaneis sugeriu que esse esforço de apuração deveria se debruçar nas empresas que venderam os produtos para o DF e outras unidades federativas.

“Em um contexto de pandemia, no auge do desespero, quando o governo comprou os testes, por exemplo, estes produtos chegaram a variar entre R$ 40 e R$ 170. Hoje, você encontra o mesmo produto por R$ 50, R$ 70. Mas, naquele momento, em que se precisava garantir o bem-estar das pessoas, as empresas podem até ter se aproveitado da situação e atuado com preços mais caros. Ao governo, não restaram muitas alternativas”, disse Ibaneis.

Fonte: Metrópoles, Lilian Tahan

Original: https://www.metropoles.com/colunas-blogs/grande-angular/ibaneis-sobre-operacao-do-mpdft-estou-do-lado-dos-nossos-servidores-de-carreira-acredito-que-agiram-de-boa-fe

Reprodução: BSB TIMES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui