Servidores denunciam más condições na UPA de Sobradinho

Segundo os servidores faltam leitos e as pessoas se aglomeram pela unidade.

Também relatam falta de equipamentos de proteção (EPI) o que compromete a segurança no contato com pacientes infectados.

Banheiros estariam interditados, comprometendo a higiene e a falta de espaços específicos não permite o devido isolamento de pessoas afetadas com COVID-19.

O Iges-DF alega que todas as unidades por ele geridas contam com material de proteção disponível e que mais vagas estão sendo implantadas na unidade.

Com informações do portal Metrópoles, Hélio Rosa para o BSB TIMES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui