Vídeo: BSB Times entrevista Estevão Reis – secretário executivo de turismo do DF

BSB TIMES entrevista Estevão Reis

O jornalista Hélio Rosa entrevista o Secretário Executivo de Turismo do DF, Estevão Reis, que fala sobre sua carreira na administração pública, a liderança que exerce na comunidade e as perspectivas para o setor que hoje ajuda a comandar

BSBT –  Estêvão, fale um pouco da sua origem, por que é importante conhecermos um pouco mais dos líderes da região norte. A quanto tempo você chegou em Brasília, veio de onde?

ER – Sou nordestino do estado da Bahia, tenho 51 anos, casado, pai de 2 filhos, moro há 41 anos no DF, moro em Sobradinho e morei em Sobradinho II. Sou um dos fundadores de Sobradinho II, ajudei no processo de seleção das famílias, quando o nosso saudoso Joaquim Roriz implementou as cidades satélites.

BSBT –  Então, você tem um 41 anos de Brasília, mas também é servidor público. Tem quanto tempo de serviço público?

ER – A gente tem uma jornada bastante intensa, 30 anos de serviço público, sou concursado da Secretaria de Estado da Educação do Distrito Federal, exerci também alguns mandatos como assessor parlamentar nos mandatos da deputada Celina Leão, no primeiro e no segundo, e também fui administrador regional em 2.015 de Planaltina, Sobradinho, Sobradinho II e Fercal.

BSBT – No serviço público a gente conhece bem o Estevão, assim também na comunidade como um líder social. Quais foram as funções que você já desenvolveu na comunidade, para que a gente venha conhecer um pouquinho daquilo que você tem como história já formada?

ER – A gente tem um elo na comunidade de uma forma mais sistemática. Nós criamos um projeto chamado Vida Plena, que tem como objetivo resgatar e reintegrar dependentes químicos à suas famílias como também à sociedade. Também participei da criação de diversas associações como um consultor voluntário, nós ajudamos a elaborar os estatutos e também dando o apoio como liderança comunitária e como gestor na cidade como a Associação das Mulheres de Sobradinho II, a Guarda Mirim, a Associação do Paranoá Parque, criamos também em Planaltina uma associação voltada a o trabalho no Vale do Amanhecer. Faço parte também do Conselho de Desenvolvimento do Distrito Federal como segundo vice-Presidente, dirigido pelo Eugênio, uma pessoa que mora no Itapoã e tem um trabalho muito bonito.

BSBT –  Parece-me que você tem uma “simbiose” – gestor público e líder comunitário – e me parece que você é também um líder religioso, uma pessoa muito solidária que a gente já conhece. O quê motiva você a ser este homem religioso e solidário?

ER – A motivação maior é minha a religião, mas a minha inspiração é Cristo Jesus que nos condicionou para estarmos exercendo o cristianismo na prática, a fé sem obras ela é morta, todos nós sabemos disso e como adventista do sétimo dia, a gente vem trabalhando há de 25 anos o social, também no âmbito da igreja junto à comunidade, mas isso não é somente da Igreja Adventista é de todas as religiões, assim como a Igreja Católica, todas as denominações evangélicas e espíritas, dizer que a gente respeita todas essas religiões por que tem um bem comum que é ajudar o próximo.

BSBT – Comecei a conhecer um pouco de sua história como um líder social, religioso, solidário, gestor público, agora você assumindo uma função muito importante do Estado desde o início do Governo, o que você acha do governador Ibaneis como gestor público – um homem das políticas públicas – como também um homem das políticas sociais?

ER – Eu vejo nosso governador como exemplo de gestor. Podemos citar neste momento de pandemia as medidas que ele tomou de imediato preservando a saúde da população do Distrito Federal com isso ele ganhou altos índices de aprovação. Também vejo ele preocupado com a empregabilidade da população do DF, onde ele está nem um processo de recuperação das empresas, a exemplo do projeto do Refis encaminhado à CLDF e foi votado na semana passada para gerar um ambiente de recuperação fiscal e com isso a geração de emprego e renda. Vejo também ele lançando obras em todo o Distrito Federal no que diz respeito à saúde na construção das UPA´s e também na construção de diversas outras obras na área de mobilidade, justamente movimentando a economia por meio da construção civil também um seguimento que gera muito emprego e renda. Outro fator importante já no aspecto social é que nomeou a primeira dama como Secretária de Desenvolvimento Social que vem de uma forma muito pragmática desenvolvendo essas políticas e alcançando aquelas famílias mais carentes, aí podemos citar vários benefícios como o bolsa família, o auxílio que foi aprovado também pelo governador e chancelado pela Câmara Legislativa, a cesta verde, a cesta básica, então nosso governador cuida da nossa população em todos os aspectos e alcançando todas as classes sociais, ele é um exemplo a ser seguido como um gestor público e fico muito feliz em participar do governo Ibaneis Rocha.

BSBT –  Ibaneis uma figura atual, mas é claro que você também tem suas admirações históricas. Quais são as figuras históricas que você admira?

ER – Podemos citar Juscelino Kubitschek, um gestor que a gente também tira o chapéu, com sua forma tão efetiva e determinada em construir a capita do país em pouco tempo. No processo de redemocratização do nosso país podemos citar Tancredo Neves e Ulisses Guimarães como Presidente da Câmara e chefiou todos os demais deputados para uma nova Constituição, que é a Constituição de 88, uma das mais modernas do mundo e temos aqui em nosso Distrito Federal o nosso saudoso, o ex-governador Joaquim Roriz que foi a minha inspiração de entrar na política em 2.006, juntamente com a deputada Celina Leão que exerce atualmente o cargo de Secretária de Esportes do Distrito Federal, um exemplo pra mim de uma pessoa determinada, uma pessoa realmente que vem fazendo um trabalho muito importante para este seguimento que é o esporte para nós.

BSBT – Percebi aí em sua história que você trouxe pra nós em sua origem – nordestino, baiano – um gestor público, um homem do turismo, um homem voltado para a questão educacional; religioso, solidário, da comunidade, tem aí vários projetos sociais desenvolvidos que ouvimos falar, não só na região norte como também em todo o Distrito Federal, vai receber um dos trabalhos mais importante neste período de pandemia, onde vai atender várias famílias em vulnerabilidade social. Fale pra gente o que é a Rota do Bem?

ER – Hélio, cortou um pouco aí, mas deu pra entender parte de sua pergunta. O movimento Rota do Bem, é um movimento constituído por voluntários que vem fazendo campanhas de agasalhos neste momento de frio e também de alimentos para assistir as famílias carentes. Realizamos ações no Sol Nascente, Riacho Fundo II, Estrutural, nós vamos pra Planaltina também, Sobradinho, e estamos convidando, você que tem em seu coração a vontade de ajudar o próximo e que ainda não tem um grupo para se agregar, venha participar conosco do Rota do Bem, porque ele tem um lema é “Levando solidariedade por onde for”, então, por isso que ele tem este nome Rota do Bem, é um movimento para alcançar as pessoas em qualquer lugar;

BSBT – A gente quer agradecer de coração a sua participação. Gostaria que você fizesse umas considerações finais ao nosso público, aos nossos seguidores, deixando mais um pouco do Estevão pra nós.

ER – Bom, eu quero te agradecer, Helio, pelo convite e também a todos os seus seguidores e sabemos que hoje é um número bem expressivo, um acervo de matérias importantes e dizer que estamos à disposição sua e também de toda a região norte, lideranças, o qual eu respeito todas elas, sejam as lideranças religiosas, comunitárias, políticas também pra juntos a gente buscar doar o que a gente tem de melhor aqui para a região norte do Distrito Federal. Muito obrigado!

Queremos aqui mais uma vez dizer a todos os nossos seguidores que é sempre uma honra recebermos aqui o nosso Secretário Executivo de Turismo do Distrito Federal, Estevão, e também dizer que toda semana faremos entrevista com personalidades.

Mais informações sobre a Rota do Bem.

Seja um voluntário. Acesse AQUI.

Helio Rosa para o BSB TIMES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui