Juiz convida lutador que o ofendeu para conversar

Juiz e lutador se encontram após ofenças em Brasília

Numa atitude rara entre magistrados, o juiz Daniel Carnacchioni peferiu a conversa aos atos jurídicos, e convidou o lutador Marcelo Sampaio “Labareda” para conversarem em seu gabinete.

O lutados e professor de artes marciais, conhecido na cidade, de fato se excedeu nas suas palavras, chegando mesmo a ofender verbalmente o magistrado, “me arrependo, foi um momento de raiva. Minha família está passando dificuldade”, disse o lutador.

Porém não se pode deixar de ignorar a reclamação do professor, a demanda é legítima, e muitos profissionais estão literalmente passando fome com as restrições às atividades impostas pela pandemia.

Mas, o ato surpreendente foi do juiz. Em um tempo onde magistrados emanam decisões controversas para privar seus críticos expressar suas opiniões, o juiz Daniel Carnacchioni preferiu o diálogo: convidou o lutador para seu gabinete onde deixou claro que se solidarizava com a situação de profissionais como Gustavo e entendia sua indicação, ainda explicou seu trabalho como magistrado e o porquê de suas decisões.

Bem verdade a ponte entre os dois foi feita pelo conhecido Advogado de Brasília, Dr. Marco Vicenzo integrante Da comissão de Relações Institucionais e Governamentais na OAB/DF.

Vicenzo destacou a surpresa e a admiração que passou a ter do Dr Daniel Carnicchioni e disse “por mais magistrados humanos como o Dr Daniel, atitude nobre”.

Com informações do site Realidade do Povo, Hélio Rosa para o BSB TIMES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui