Nova subestação da CEB no SIA está quase pronta e gerou 300 empregos

| Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

Localizada próximo ao trecho 1, estrutura já recebeu R$ 13 milhões de investimento e trará regularidade à distribuição elétrica da região

A construção da nova subestação da Companhia Energética de Brasília (CEB), localizada no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), atingiu a marca de 75% de conclusão. A nova estrutura, chamada de SE 08, irá atender a mais de 12 mil unidades consumidoras de energia elétrica na região, recebeu um aporte de R$ 13 milhões e gerou 75 empregos diretos e cerca de 225 indiretos.

Atualmente, a parte de construção civil da obra está quase concluída. A próxima etapa consiste na execução da parte elétrica. A subestação do SIA vai atender 12.027 pontos em área comercial, residencial, industrial e poder público. Para efeito de comparação, a subestação 07, do Lago Norte, atende pouco menos de 10 mil unidades consumidoras e possui metade da carga instalada da SE 08.

12 mil unidades consumidoras serão atendidas pela nova subestação

Para o presidente da CEB, Edison Garcia, a nova subestação irá trazer ainda mais confiabilidade ao sistema de distribuição de energia na região. “O que muda é que haverá diversas melhorias no sistema de automação e supervisão da subestação, com equipamentos novos e mais confiáveis”, afirma.

Anteriormente, a SE 08 operava no mesmo terreno da antiga Usina Térmica, no pátio ferroviário do SIA. Com a venda do local, a CEB removeu a subestação de lá, abriu um processo licitatório e agora faz a realocação da estrutura para o terreno localizado próximo ao trecho 1 do SIA, ao lado do viaduto de interseção entre a EPTG e a EPIA.

Segurança com modernidade para o empreendedor
Com exceção dos transformadores de força, todos os demais equipamentos instalados na subestação são novos. Isso irá trazer mais modernidade à estrutura, dando maior robustez ao sistema elétrico. O pátio de manobra terá uma nova configuração, com a aplicação de cubículos blindados e abrigados, garantindo uma maior proteção em relação às intempéries, como chuvas.

O SIA é considerado uma das maiores áreas produtivas do DF, abrigando empresas de diversos tipos e portes. Isso implica em um abastecimento de energia constante, importante para o bom rendimento dos empreendimentos comerciais: “A instalação desta estrutura significa fornecer um insumo básico de qualidade aos empresários, em respeito a quem empreende, atraindo novos negócios e gerando emprego e renda no DF”, ressalta o secretário de desenvolvimento econômico, José Eduardo Pereira.

Para o presidente da associação comercial local, Carlos Kobayashi, o novo equipamento é essencial para a atividade empreendedora da região: “Se contar só o SIA, temos cerca de 2.800 empresas atuando. É um número elevado, e sem dúvidas a nova subestação será importante. Quedas de energia podem gerar danos em equipamentos”.

|Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

* Com informações da CEB

GALERIA DE FOTOS

Reprodução | BSB TIMES [CEB, Renata Lu/Agência Brasília]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui