Antropofagia: a sangrenta lenda do clã de canibais de Sawney Bean

Sorrateiro grupo agia em estradas e aterrorizou inúmeros moradores de East Lothian, na Escócia

Humanos para o jantar
Humanos para o jantar – Wikimedia Commons

A lenda de Sawney Bean se popularizou ao longo dos séculos pela Escócia e atualmente é uma das principais histórias do folclore do país. Alguns pesquisadores acreditam que o clã de canibais tenha existido de fato e procuram vestígios que possam confirmar a veracidade do tema.

A data exata sobre a origem da lenda é questionada entre os historiadores. Alguns pesquisadores acreditam que o líder do clã, Sawney Bean, tenha nascido em East Lothian, Escócia, no final do século 16, embora outros acreditem que ele possa ter vivido nessa região por volta do século 13.

Uma ilustração de um homem mordendo um braço/ Crédito? Divulgação/ YouTube/ William De Falco

 

Na época de Sawney Bean não existia muitos animais nas estradas, mas sim assaltantes, as tornando perigosas. De acordo com o autor de Weird U.S., Matt Lake, este clã sobrevivia assaltando as pessoas e comendo seus restos mortais. “O clã de Sawney Bean era a pior coisa que poderia acontecer com você”, disse Lake em entrevista para o History.

Vestígios apontam que o clã originalmente surgiu com Sawney Bean e sua mulher. Ao longo das gerações esse número cresceu para aproximadamente 45 integrantes. Além disso, era comum entre eles praticar incesto.

O psicólogo Ph.D. pela Universidade de Havard, Kevin Volkan, conta que o clã de canibais vivia em uma caverna coberta pelo mar na maré alta, com o intuito de não serem encontrados. “Não é tão complicado montar um clã desses, você só precisa de um sociopata”, disse Volkan em entrevista para o History.

Ambos especialistas indicam que o clã foi capturado após um latrocínio mal sucedido. “O cara conseguiu fugir e alertou as autoridades. Eles juntaram um grupo com cerca de 400 pessoas e fizeram buscas pela área, até que encontraram “, disse Volkan.

As autoridades encontraram o local em péssimas condições e restos humanos. Diz à lenda que os integrantes foram executados e Sawney Bean teve uma morte mais violenta e demorada. O sociopata teve seus órgãos genitais arrancados e mãos e pés cortado. Por fim sangrou por horas até a sua morte.

Apesar da história ser muito debatida entre os especialistas, ainda não foram encontradas provas que possam a comprovar integralmente. Entretanto, o clã de Sawney Bean atrai diversos turistas do mundo inteiro para Edimburgo, capital da Escócia.

fonte : Site Aventuras na História

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui