Humanos primitivos extintos tinham o hábito de comer socialmente, revela estudo

Com a localização de instrumentos e uma carcaça de cavalo, pesquisadores concluíram que nossos ancestrais saíam para se alimentar em grupos

Uma equipe de pesquisadores da University College London (UCL) localizaram diversos itens que oferecem informações sobre os hábitos alimentares e vida social dos primeiros humanos em um antigo sítio arqueológico em Sussex, na Inglaterra. O local de escavação é datado há cerca de 480 mil anos atrás.

No local, os arqueólogos apontam que um açougue esteve presente há quase meio milhão de anos, onde, com a ajuda de ferramentas de sílex, extraíam, limpavam, processavam e distribuíam a carne, de maneira que realizassem, ainda no local, um banquete. As ferramentas e resquícios da carcaça com diversos golpes foi localizada pelos estudiosos.

Alguns dos itens de sílex encontrados juntos as carcaças / Crédito: UCL Institute of Archaeology

 

O líder do projeto pela UCL, Dr. Matthew Pope, acrescentou na publicação da Phys: “Esta foi uma oportunidade excepcionalmente rara de examinar um local praticamente deixado para trás por uma população extinta, depois que eles se reuniram para processar totalmente a carcaça de um cavalo morto na borda de um pântano costeiro”.

O projeto foi financiado pela Historic England com o Arts and Humanities Research Council (Universidade de Bradford’s Fragmented Heritage) com o apoio do UCL Institute of Archaeology, Natural History Museum (apoiado pela Calleva Foundation) e o British Museum.

FONTE: Site Aventuras na História

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui