CNN corrige Bolsonaro: não foram US$ 1.000,00, foram US$ 1.555,56

Faltou calcular o total - foto - AG Brasil

A imprensa tradicional logo “caiu matando” sobre o discurso do presidente Bolsonaro na abertura da Assembleia Geral da ONU ontem (22).

O primeiro alvo foram as falas onde o presidente afirma que o auxílio emergencial para os mais necessitados durante a pandemia foi de cerca de US$ 1.000,00. Vários meios de comunicação o acusaram de mentiroso, ou de simplesmente ter se equivocado.

Mas a jornalista Natália Flach da rede CNN fez as contas e descobriu que na verdade, brasileiros chegaram a receber US$ 1.555,56, veja o que disse a CNN:

“Levando em consideração uma pessoa que recebeu cinco parcelas de R$ 600 (e não R$ 1,2 mil) na primeira etapa do benefício, ela ganhou R$ 3 mil. Se ela for beneficiada com as quatro parcelas seguintes de R$ 300, receberá outros R$ 1,2 mil. Logo, trata-se de um montante de R$ 4,2 mil.

Com a cotação atual do dólar, de cerca de R$ 5,40, esse valor equivale a US$ 777,78.

Já levando em consideração o caso de uma mãe chefe de família monoparental, ela recebeu cinco parcelas de R$ 1,2 mil, totalizando R$ 6 mil. Se receber as quatro próximas parcelas seguintes de R$ 600, terá mais R$ 2,4 mil. A soma chega a R$ 8,4 mil.

Logo, em dólares, esse total equivale a US$ 1.555,56.”

Pelo jeito a grade curricular do curso de jornalismo (que não inclui qualquer matéria de matemática) precisa ser revista.

Com informações da CNN Brasil, Hélio Rosa para o BSB TIMES.

5 COMENTÁRIOS

  1. Estou seguro que neste caso (talvez apenas neste) a desinformação midiática tenha origem em inépcia genuína. O sócio construtivismo manda lembranças a todos os filhos de Paulo Freire.

  2. Jornalistas Militontos esquerdopatas frustrados pq a mamata acabou, muito fumadores e antigos PADEIROS,,,rs, .melhor estes imbecis formados pelo Paulo Cuelho calaram a boca analfabeta!

  3. Ele mentiu sim! A fala dele foi “Concedemos auxilio emergencial que somam aproximadamente mil dólares para 65 milhões de brasileiros”. Por acaso todos os 65 milhões receberam as parcelas de 1200 reais? Todos os beneficiários são mulheres mães de família? Mentiu por conveniência. E olha que nem era necessário já que esse é o maior programa de transferência de renda da américa latina.

    • Rsrs, como sempre padecem do estudo da lógica matemática simples, imagina álgebra e aritmética.

      Leu a matéria?

      Conseguiu entender que não se trata das “parcelas” e que “cerca de” não é “exatamente”?

      Ou a ignorância matemática é absurda ou não quer entender.

  4. E qual problema da divergência de valor .
    Serviu pra suprir a necessidades de muitos.
    Isto que foi importante .
    Até de quem não precisava ,por exemplo: filho de um companheiro de profissão de vocês jornalista Globo.
    Por que ao invés de criticar não passa notícias boas .
    Parabéns por querer afundar nosso país .

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui