CLDF: Sem CPI da Pandemia, mas com respostas sobre as ações da Saúde

O líder do Governo, deputado Cláudio Abrantes (PDT), defendeu a construção de equipamentos próprios da Saúde e o aumento na quantidade de leitos de UTI em Sobradinho e região, onde “há cerca de uma milhão de pessoas e apenas dez leitos de UTI”. Okumoto afirmou que está reestruturando os equipamentos e, como exemplo, destacou a instalação recente de “seis tomógrafos e equipamentos de mamografia, endoscopia e colonoscopia”.

Em audiência remota, distritais fazem audiência e questionam Secretário da Saúde, Osnei Okumoto, e equipe de técnicos da pasta sobre ações na pandemia

Osnei Okumoto e equipe estiveram presentes em audiência pública remota realizada na manhã desta quarta-feira (23/9) para explicar a atuação da Secretaria da Saúde, principalmente sobre a falta de transparência de dados durante o combate ao novo coronavírus.

Distritais falaram sobre a insuficiência de dados da pasta da Saúde como também criticaram a transparência do Iges/DF. O Secretário Osnei disse que o Iges/DF tem seu próprio portal de transparência.

Questionaram sobre os dados de morte pela Covid-19, onde o DF se destacou no país com o maior índice de mortes por 100 mil habitantes. Os técnicos da saúde pontuaram que seria o atendimento do entorno. “Em levantamentos antigos, a taxa de uso do Entorno nos serviços era de 20%”, justifica o secretário adjunto de Assistência à Saúde, Petrus Sanchez.

O Secretário e seus adjuntos foram questionados sobre o quê ocorreu na pasta que gerou a Operação Falso Negativo com a cúpula da saúde anterior, Okumoto disse que as compras de materiais e insumos estão sendo feitas com a maior transparência possível para evitar qualquer tipo de fraude.

Helio Rosa para o BSB TIMES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui