O casal de guerreiros de 2,5 mil anos

No túmulo encontrado na Sibéria/Rússia, estavam sepultados os esqueletos de: um homem, uma mulher, uma criança e uma serva com idade aproximada de 60 anos.

A equipe liderada pelo Dr. Oleg Mitko, explicou que, além da família, dentro de ambos os túmulos, também foram encontradas adagas de bronze, machados e réplicas de armas de combate.

O casal tinha 30 anos cada, e todos provavelmente acometidos pela mesma infecção. Enterrada sozinha, a terceira mulher detinha com um pequeno pente.

A presença das peças afiadas nas duas covas sugerem que as pessoas enterradas eram guerreiros, pois, as pessoas encontradas faziam parte da civilização Cita, habitantes da Ásia a partir do século 7 a.C..

fotos do sítio arqueológico:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui