Exclusivo: advogado do DF pede o Impeachment do Governador do Amazonas

Advogado do DF entra com pedido de impeachment contra o governador do Amazonas Wilson Lima

A Polícia Federal já havia, em julho, pedido a prisão de Wilson Lima  (PSC) por superfaturamento em ventiladores

Por Hélio Rosa para o BSB Times

Em meio à grave crise hospitalar causada pela explosão de casos de covid-19 no estado do Amazonas e a falta de oxigênio para tratamento dos pacientes, o advogado Marco Vicenzo entrou ontem com o pedido de impeachment contra do governador na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas- ALEAM. No pedido Vicenzo alega que Wilson Lima cometeu crime de responsabilidade no momento em que agiram com desprezo pela população.

Em julho passado a Polícia Federal (PF) realizou a Operação Sangria, nela vários membros da cúpula do governo do estado do Amazonas foram indiciados por superfaturamento em licitação que comprou respiradouros para os hospitais do estado, Segundo a PF os desvios custaram mais de R$ 2,1 milhões aos cofres públicos.

Leia também:

Amazonas desativou 85% dos leitos de UTI criados pelo governo federal para Covid-19 em 2020

Para os investigadores, o que se viu foi a configuração de uma organização criminosa que forjou um processo de dispensa de licitação para comprar equipamentos a preços superfaturados. Respiradores que custavam R$ 39,4 mil foram comprados pelo governo por R$ 157,8 mil. Para se ter uma ideia do engodo, a empresa contratada pelo governo para fornecer os equipamentos era uma distribuidora de vinhos.

Com base nos dados da operação a Procuradoria Geral da União (PGR) solicitou a prisão imediata do governador Wilson Lima, o que foi negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) na época.

Marco Vicenzo – para o advogado o governador do Amazonas cometeu crime de responsabilidade.

O advogado Marco Vicenzo ainda lembra que ainda em abril de 2020 alertou as autoridades do Amazonas sobre o que vinha acontecendo. Vicenzo é advogado em Brasília e militante da ética na administração pública, no início de 2020 foi ele que entrou com ação pública que impediu aos deputados da Assembleia Legislativa do Distrito Federal implementarem um “plano de saúde vitalício” para si mesmos.

Veja o que ele falou em vídeo:

Veja o texto do pedido de impeachment na íntegra:

9 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui