O dia em que o Imperador do Brasil foi um dos mais votados para Presidente dos EUA

Parece uma brincadeira, e na verdade não deixou de ser, mas de fato Dom Pedro II, Imperador do Brasil, chegou a levar mais de 4 mil votos espontâneos, e válidos, na Filadélfia para as eleições de 1876.

Fonte: O Martelo e a Coroa

Após sua longa visita aos EUA, em 1876, Dom Pedro II causou boa impressão entre a população. Segundo o livro Dom Pedro the Magnanimous, Second Emperor of Brazil, publicado pela historiadora Mary Wilhelmine Williams, em 1937, um admirador escreveu ao jornal The New York Herald lançando de forma bem-humorada uma chapa presidencial encabeçada pelo imperador para as eleições de 1876. “De nossa parte, nomeamos Dom Pedro e Charles Francis Adams (descendente de John Adams, um dos “pais fundadores” dos EUA) para nossa chapa do Centenário para presidente e vice-presidente.

Segundo Sebastião Pagano, jornalista, professor e entusiasta da monarquia, em seu livro Eduardo Prado e sua Época (1960). “Tão grande era a admiração dos americanos pelo nosso Imperador, que nas eleições presidenciais de 1877 (sic) ele recebeu, só em Filadélfia, mais de 4.000 votos espontâneos”, escreveu.

O dia em que o Imperador do Brasil ganhou mais votos que qualquer candidato à presidente dos Estados Unidos – Dom Pedro II é o primeiro da direita para a esquerda no palanque ao lado do presidente americano Ulysses S. Grant

Na imagem o presidente americano Ulysses S. Grant está do lado do imperador do Brasil; Inclusive a música da cerimônia era do alemão Richard Wagner, composta especialmente para a inauguração da Exposição Internacional da Filadélfia. Lembrando que Wagner teve uma importante relação com o filósofo Nietzsche, outro grande personagem de nosso filme.

Obs.: Não sabemos a fonte da imagem. Se alguém souber a autoria da imagem, comenta aqui.

Fontes: Dom Pedro the Magnanimous, Second Emperor of Brazil, Mary Wilhelmine Williams, (1937); Eduardo Prado e sua Época, Sebastião Pagano (1960); A Modern Monarch: Dom Pedro II’s Visit to the United States in 1876, Teresa Cribelli (2009)

Esta matéria foi originalmente publicada no Instagram do projeto O Martelo e a Coroa (@omarteloeacoroa) – https://www.instagram.com/p/CHLzlOFjS0r/?igshid=g9ppce6tsmvr.

Para quem não sabe, o projeto O Martelo e a Coroa pretende lançar um filme com o mesmo nome contanto outra passagem fascinante da vida de Dom Pedro II, uma das figuras mais influentes de seu tempo, tanto no Brasil quanto no mundo.

O filme contará a história do encontro e da amizade entre no nosso Imperador e um dos mais influentes filósofos de todos os tempos, o alemão Friedrich Nietzsche. Já foram confirmados o ator Werner Schünemann no papel de Dom Pedro II e Igor Cotrim, no papel do filosofo alemão.

Inclusive o projeto conta com patrocínio coletivo, você pode saber mais sobre o filme (e ajudar) no site catarse.me/omarteloeacoroa.

BsB Times

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui