O foco político no DF está entre Ibaneis e Reguffe

Enquanto o governador Ibaneis (MDB) possui a máquina, Reguffe (Pode) possui um mandato de Senador

Por Helio Rosa

Não sabemos o porquê nas pesquisas de opinião, o governador Ibaneis e o senador Reguffe ficam tão pareados, um possui um vultuoso orçamento e o outro um pífio limite de emendas impositivas.

O quê estamos sabendo nos bastidores é que a centro-esquerda está se movimentando para apoiar o Reguffe ao Governo do Distrito Federal, algo por volta de mais ou menos 10 partidos, dentre eles alguns líderes de renome construindo até as chapas dos sonhos: Reguffe (Pode) governador, Leila (PSB que deve ir para o CID) vice, o Senado ficaria com o Rollemberg (PSB). Os outros garantiriam pelo menos suas vagas na Câmara Federal para manterem a existência dos seus partidos.

Já Ibaneis parece que está com a estratégia “dividir para conquistar” na centro-direita. Ele quer fazer uma frente de candidatos à deputados distritais e federais indicados por ele em cargos importantes, esquecendo que a maioria que detém o controle dos partidos são os parlamentares de mandato. Acaba que cada “dono de partido” possui seus próprios sonhos e, neste ano pré-eleitoral, o que mais se vê são articulações de chapas próprias para o GDF. Há uma grande movimentação de uma frente partidária, que não é oposição, mas quer também se posicionar na chapa Ibaneis/Vice/Senado.

Não podemos esquecer de falar de uma outra via que acende, a do senador Izalcy (PSDB). O partido dele não tem muita base no DF, mas ele pode conquistar alguns partidos que não fazem parte da embarcação da esquerda e nem da direita e se fortalecer para a disputa ao GDF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui