DF: 75 anos ou mais já podem agendar vacina

Imunização para este público começa nesta quinta-feira (4). Estimativa é atender 9.364 pessoas na faixa etária

Por Agência Brasília

Quem tem 75 anos ou mais poderá, a partir das 17h desta quarta-feira (3), agendar a aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19. Nesse horário, estarão abertas as vagas para vacinação na quinta (4) e sexta-feira (5), pelo site e pelo Disque Saúde 160, opção 6. A expectativa da Secretaria de Saúde é vacinar 9.364 pessoas na faixa etária de 75 anos.

O dado da estimativa populacional é da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan). A vacinação continua para os integrantes do grupo prioritário já selecionado, mas que ainda não recebeu a primeira ou a segunda dose do imunizante.

A vacinação nos drives-thrus será exclusiva por agendamento. Nas unidades básicas de saúde (UBS) que disponibilizam a vacina, haverá a possibilidade de receber o imunizante sem agendamento, porém a Secretaria de Saúde recomenda o agendamento para evitar filas e aglomerações. Veja aqui a lista das UBS com vacina.

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, pede calma e garante que há doses para todos do grupo prioritário. “Mesmo se não conseguir agendar para esta semana, a vacina para você que tem 75 anos ou mais está garantida. Abriremos mais vagas para a semana que vem”, afirma.

Pontos de vacinação

A partir desta quinta-feira (4), a vacinação na Policlínica do Lago Sul e na UBS 5 de Ceilândia (localizada na QNM 16) será exclusiva por drive-thru. Além disso, a Unidade Básica de Saúde 3 de Ceilândia, na QNM 15, passa a integrar a lista de unidades participantes da campanha.

Ao todo, são 43 pontos, sendo 13 por drive-thru. A lista completa pode ser consultada aqui.

Vacina DF

A campanha de vacinação contra a covid-19 começou no DF no dia 19 de janeiro. Até esta terça-feira (2), a Secretaria de Saúde já tinha vacinado 143.007 pessoas do grupo prioritário com a primeira dose. Desse total, 52.680 já foram imunizadas com a segunda dose.

O Distrito Federal já recebeu, em cinco remessas, 199.760 doses da vacina CoronaVac – produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac -, e 67 mil doses da vacina Covishield, em duas remessas – desenvolvida pela universidade inglesa de Oxford, com a farmacêutica sueco-britânica AstraZeneca.

Cerca de 5% das doses das vacinas são reservadas tecnicamente para repor eventuais perdas. A vacina CoronaVac tem intervalo de aplicação entre as doses de 14 a 28 dias. Devido a isso, metade das doses recebidas são reservadas para a segunda aplicação. Já com a vacina de Oxford, esse intervalo é de até 90 dias.

As duas vacinas requerem aplicação de duas doses para imunização. Neste momento, estão sendo imunizados com a segunda dose apenas aqueles que tomaram a vacina CoronaVac. Os primeiros imunizados com a vacina Covishield começam a receber o reforço no final do mês de abril.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui