Dolar sobe por causa do Bolsonaro? Com Fachin, Bolsa cai 3% e dólar dispara a R$ 5,78

Failure, risk taking, work stress

Ibovespa chegou a ficar abaixo de 112 mil pontos, e dólar, que já estava em alta, se aproxima de R$ 5,80

anulação das condenações do ex-presidente Lula nos processos relacionados à Lava-Jato no Paraná contribuiu para a piora dos ativos nesta segunda-feira. O Ibovespa chegou a recuar mais de 3%, ficando momentaneamente abaixo de 112 mil pontos. No câmbio, o dólar, que já vinha em alta, disparou a R$ 5,78.

A decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, permite que Lula fique elegível para a eleição presidencial de 2022. Mas será posteriormente avaliada pelo plenário do STF.

“Com Lula elegível, cresce ainda mais a chance deste governo ir totalmente para o populismo”, comentou Alfredo Menezes, sócio-gestor na Armor Capital. “A decisão do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, coloca o ex-presidente Lula em condições de concorrer às eleições de 2022”, afirmou a equipe da XP Política em comentário a clientes.

Às 16h41, o dólar à vista saltava 1,56%, a R$ 5,7716. Na máxima, foi a R$ 5,7865. O real tem o segundo pior desempenho global na sessão com as perdas lideradas pela lira turca, em queda de 2,7%.

Às 16h39, o Ibovespa caía 2,39 %, a 112.450,58 pontos. Na mínima, o Ibovespa chegou a 111.257,67 pontos (-3,4%). O volume financeiro somava R$ 32,7 bilhões.

Fonte: Correio do Povo

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui