Deuses pagãos: as principais divindades do paganismo

Os deuses pagãos são aqueles que fazem parte de religiões politeístas cujas crenças são anteriores à cristianização e incluem o culto da natureza. O termo paganismo vem da palavra latina paganus, que significa “aquele que mora no campo”. São consideradas pagãs as religiões politeístas pré-cristãs, como a greco-romana, a celta e egípcia, bem como algumas mais recentes, como a wicca. O ressurgimento do culto aos deuses antigos é chamado de neopaganismo.

Deuses greco-romanos

Deus grego Deus romano Quem é
Zeus Júpiter Chefe supremo, é deus dos fenômenos celestes, da ordem e da justiça.
Poseidon Netuno Senhor dos Mares, irmão mais velho de Zeus.
Atena Minerva Filha de Zeus, é deusa da sabedoria, da cidade e da civilização.
Hera Juno Deusa da luz, é protetora das mulheres, senhora do casamento, da fecundidade e do parto.
Apolo Apolo Filho de Zeus, é o deus do Sol, da beleza e patrono das artes.
Dionísio Baco Deus do vinho, das colheitas e do teatro.
Hermes Mercúrio Mensageiro de Zeus, é o deus do comércio e protetor dos viajantes.
Afrodite Vênus Deusa do amor e da beleza.
Hefesto Vulcano Deus do fogo que vem das profundezas da Terra.
Deméter Ceres Deusa da germinação, das colheitas e da agricultura.
Ártemis Diana Irmã gêmea de Apolo, é a deusa da Lua, da caça e dos animais.
Cronos Saturno Primeiro rei dos deuses, é o deus do tempo.
Ares Marte Filho de Zeus e Hera, é o deus da guerra e da força.
Gaia Gaia Mãe-Terra, Gaia é a Terra divinizada, a origem de todas as coisas.

A mitologia grega era uma forma pela qual os gregos explicavam o mundo, da origem da vida à morte. Havia templos e festivais para os deuses, que personificavam diversos aspectos da vida humana e da natureza. Os gregos acreditavam que os deuses exerciam influência sobre os assuntos da vida diária.

Embora as mitologias grega e romana não sejam a mesma coisa, houve uma enorme assimilação dos deuses do panteão grego pelos romanos ao longo dos séculos III e II a.C. Nesse processo de assimilação, forças divinas (Numes) passaram a ser identificadas com os deuses do Olimpo.

Netuno
O Retorno de Netuno (1754), de John Singleton Coplay, é uma das muitas representações do deus dos mares.

Veja também: Deuses gregos: Tudo que precisa saber sobre os deuses da mitologia grega

Deuses nórdicos

Deus Quem é
Odin Entidade suprema da mitologia nórdica, é o governante do reino dos deuses (Asgard) e deus da sabedoria.
Thor Dotado de uma força descomunal, é o deus do trovão e protetor dos reinos dos deuses e dos humanos.
Freya Deusa associada à fertilidade, ao amor, à luxúria e a riqueza.
Frigg Esposa de Odin, é conhecida como a deusa-mãe, senhora da fertilidade e da maternidade.
Balder Filho de Odin e Frigg, é o deus da paz e da luz, conhecido por sua incrível beleza.
Idun Deusa da juventude, seu nome significa “rejuvenescer” ou “jovem para sempre”.
Hela Deusa do Reino dos Mortos e governadora do submundo (Hel).
Bragi Filho de Odin e casado com Idun, é o deus da poesia e da música.
Vali Deus arqueiro, foi gerado para vingar a morte do irmão, Balder.
Vidar Conhecido por sua força, Vidar é o deus da vingança, pois vingou a morte do pai (Odin).
Tyr Deus da guerra, conhecido por sua coragem.
Freyr Irmão de Freya, é o deus da fertilidade, sendo associado à virilidade, à abundância e à riqueza.
Forseti Deus da justiça, é ele que resolve as disputas de acordo com a lei.
Loki Deus trapaceiro, ele é responsável pela morte de Balder. Embora não tenha havido culto para Loki, ele é um deus importante na mitologia nórdica.

Os deuses nórdicos eram adorados pelos povos escandinavos, sobretudo ao longo da chamada Era Viking, que durou do século VIII ao século XI. Dentre as atribuições dos deuses da mitologia nórdica estava a proteção de Midgard (o reino onde vivem os seres humanos).

deus Odin
Odin cavalgando com seu corcel negro de oito patas Sleipnir. Ilustração de W. G. Collingwood (1908).

Veja também: Conheça os principais deuses da mitologia Nórdica

Deuses celtas (das mitologias continental e irlandesa)

Deus Quem é
Dagda Deus irlandês da agricultura, da fertilidade, da magia e da sabedoria. Com sua clava mágica, pode matar e ressuscitar.
Aengus Filho de Dagda, é o deus da juventude, da poesia, da música e do amor.
Morrigan Deusa da guerra e da morte (e por isso é chamada de “deusa fantasma”). Possui o dom de prever o futuro.
Lugh Deus irlandês da justiça e do governo, exercia domínio sobre os nobres.
Manannán Mac Lir “Filho do mar”, é o deus irlandês dos mares e protetor dos marinheiros.
Danu Na mitologia, é a matriarca da tribo Thuata. É a deusa mãe, fonte de vida e poder.
Belenus Deus do Sol e do fogo na mitologia celta continental. Bel significa “brilhante”.
Cernunnos Representado como um homem com chifres, é o deus dos animais e do mundo selvagem.
Sucellus Deus da morte e da fertilidade. É o ancestral dos gauleses. Seu símbolo é o martelo.
Taranis Deus do trovão, senhor das tempestades e dos raios. Seu nome significa “trovão”.
Epona É a deusa celta dos cavalos, padroeira das éguas e dos potros. Era uma deusa muito cultuada, devido à importância dos cavalos na vida gaulesa, sobretudo para fins militares.
Brigid Deusa irlandesa da poesia, da maternidade e da fertilidade. É associada à primavera e ao amanhecer.

Os celtas foram um antigo povo indo-europeu. No auge de sua história no século IV a.C., os celtas se distribuíam em tribos (sem governo centralizado) entre a Ásia Menor (Turquia) às ilhas britânicas. Eles adoravam inúmeros deuses, que se associavam a aspectos da natureza, como os mares, ou da vida humana, como a justiça e a agricultura.

Abaixo, apresentamos os deuses adorados na região continental (da Ásia Menor ao oeste da Europa) e os deuses adorados pelas tribos que viviam na Irlanda.

Cernunnos
Detalhe de um caldeirão celta exibindo a divindade Cernunnos. Está exposto no Museu Nacional da Dinamarca.

Veja também: Os principais deuses celtas e seus poderes

Deuses egípcios

Deus Quem é
Amon Conhecido como “O Oculto”, é o deus das coisas indefinidas e misteriosas. Associado a Rá, é Amon-Rá, o Rei dos Deuses.
Osíris Deus da vida após a morte. Na mitologia, consegue voltar à vida após ser assassinado por seu irmão, Seth.
Mut Deusa mãe, é conhecida por ser uma divindade protetora, seja na vida ou após a morte.
Ísis Deusa muito popular, é a “Mãe dos Deuses”. Na mitologia, é responsável pela ressurreição de seu marido, Osíris.
Hórus Deus dos céus, geralmente representado como um falcão. Guerreiro destemido, Hórus vingou a morte de seu pai, Osíris.
Seth “O Destruidor”, é associado ao caos, às pestes e às tempestades. Na mitologia, é o assassino de seu irmão, Osíris.
Deus Sol, criador do mundo, de todos os deuses e dos seres humanos. Era o deus preferido dos faraós.
Anúbis Deus da morte e primeiro embalsamador, é geralmente representado como um chacal.
Sekhmet Representada como uma mulher com cabeça de leão, é a deusa da destruição, da guerra, dos ventos e da cura.
Hator Deusa extremamente popular entre os antigos egípcios, é associada à benevolência, à alegria, ao amor e à saúde feminina.
Thoth Deus da sabedoria, da verdade e da escrita. Aliás, é atribuída a Thot a invenção da escrita, e por isso ele é o patrono das bibliotecas.
Maat A deusa Maat incorpora um dos princípios mais importantes do Antigo Egito: a harmonia. Associada à justiça e à ordem.

Milhares de divindades eram adoradas no Antigo Egito (3100-30 a.C.). Algumas delas eram muito populares e seu culto fazia parte do dia a dia das pessoas. Cada deus tinha a sua própria personalidade, suas próprias atribuições e poderes.

deus Rá
Imagem de Rá, o deus Sol, encontrado na tumba da rainha Nefertari (1290-1254 a.C.).

Veja também: Conheça os principais deuses egípcios e suas histórias

Deuses wicca

A wicca é uma religião ocidental neopagã inspirada em tradições pré-cristãs europeias. A religião baseia-se na adoração à natureza e na prática da magia. Apesar de suas crenças serem muito antigas, a wicca moderna surgiu na metade do século XX, na Inglaterra.

Os dois deuses adorados pelos adeptos da wicca são a deusa Tripla e o deus Cornífero, embora haja adoração de deuses de outros panteões neopagãos.

Deusa Tripla

É a divindade mais importante da religião wicca. A Deusa Tripla é a representação do poder feminino e seu símbolo é a Lua. Essa deusa pode ser representada de três formas diferentes, de acordo com as fases da Lua:

  • crescente: enquanto deusa Donzela, representa a beleza, a juventude, a pureza e as novas possibilidades;
  • cheia: enquanto deusa Mãe, representa a fertilidade, a proteção, o amor e a orientação;
  • minguante: enquanto Anciã, representa a sabedoria, o conhecimento e a intuição.
deusa wicca
Altar pagão com imagem da deusa Mãe wicca. 

Deus Cornífero

O deus Cornífero, também chamado com o nome do deus celta Cernunnos, é a representação do divino masculino, da força e da virilidade. É representado como uma entidade chifruda (daí a sua associação equivocada ao diabo). Está associado à natureza, aos animais selvagens e à caça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui