Vídeo: Pedro Bial diz que só entrevistaria Lula com um detector de mentiras

“Teria que ter um polígrafo”

Por Folha de Pernambuco

O apresentador Pedro Bial passou a ser um dos assuntos mais comentados nas redes sociais desde a noite desta quarta-feira (15). Após repercussão de um vídeo de seus comentários durante entrevista ao ‘Manhattan Connection’, da Globo News, apoiadores e opositores do ex-presidente Lula (PT) reagiram a uma fala de Bial onde ele sugere que o petista mente.

Ao ser questionado sobre a possibilidade de entrevistar o ex-presidente Lula em seu programa das madrugadas, o Conversa com Bial, o apresentador debochou da ideia dizendo que “teria que ter polígrafo”, que é um aparelho detector de mentiras muito usado pela polícia em interrogatórios.

“O Lula até disse que gostaria de fazer o programa comigo, mas disse que tinha que ser ao vivo. Pode até ser ao vivo o programa, mas ele teria que ter um polígrafo acompanhando todas as falas dele”, debochou.

Leia também:

Como funciona o polígrafo, o “detector de mentiras”

Le Brésil n’est pas um pays sérieux

Em entrevistas que tem concedido com transmissão nas redes sociais, o ex-presidente explica a resistência em dar entrevistas ao vivo para a Rede Globo, emissora que é um dos seus declarados desafetos.

A edição exibida um dia após o debate presidencial de 1989, às vèsperas do pleito que travava com Fernando Collor é sempre relembrada pelo petista por ter sido supostamente manipulada para favorecer Collor. O fato chegou  a ser confessado por Armando Nogueira, então diretor da Central Globo de Jornalismo, apesar da emissora oficialmente sempre negar.

Pedro Bial já entrevistou personagens controversos como o escritor Olavo de Carvalho, a deputada federal Flordelis (PSC) e o general  Eduardo Villas Boas. O polígrafo não foi usado ou sugerido para nenhum deles.

Assista:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui