PF intima Boulos para depor com base na Lei da Segurança Nacional

O depoimento será prestado na próxima quinta-feira (29), na sede da PF em São Paulo, às 16h. “Não vão nos calar”, disse

A PF (Polícia Federal) intimou o ex-candidato à Prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL-SP) para depor em inquérito aberto com base na Lei da Segurança Nacional.

O depoimento será prestado na próxima quinta-feira (29), na sede da PF em São Paulo, às 16h.

De acordo com a assessoria de imprensa de Boulos, o inquérito foi aberto por o ex-candidato supostamente ter cometido um crime ao fazer um comentário sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Twitter. “Um lembrete para Bolsonaro: a dinastia de Luís XIV terminou na guilhotina”, escreveu Boulos na época.

Em relação ao inquérito aberto pela PF, o ex-candidato afirmou que não aceitará intimidações. “Seguirei cada vez mais determinado na oposição a Bolsonaro, fazendo todas as críticas a ele e a seu governo de forma pública e direta. Não vamos aceitar intimidações. Não vão nos calar”, disse.

Fonte: R7, Plínio Aguiar

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui