Cinco dicas para economizar combustível no seu carro

Nesses tempos de altos preços dos combustíveis, dirigir de forma mais eficiência e fazer render cada centavo colocado no tanque de gasolina passou a ser uma prioridade para muitos motoristas.

Mas além de práticas como maneirar no acelerador, outros cuidados com a manutenção do veículo e a mudança de alguns hábitos de condução também podem ter um impacto positivo no rendimento do automóvel.

A reportagem da Motor Show traz algumas dicas para economizar gasolina sem precisar fazer muitos esforço. Confira a seguir.

Escolha o lubrificante adequado

Alguns motoristas ainda insistem em ignorar as recomendações dos fabricantes para adotar soluções mais econômicas para manter os seus carros. Um desses exemplos é trocar o óleo original do motor por um de especificação diferente, que seja mais barato para comprar.

Mas a fabricante de lubrificantes Motul ressalta que essa é um caso típico de barato que sai caro. Além de dificultar a lubrificação, aumentando o desgaste dos componentes internos, você exigirá mais do motor para manter esse óleo mais viscoso em circulação. E é claro que isso acarretará um aumento no consumo de combustível.

Cuide da calibragem dos pneus

Além de afetar a segurança de todos os ocupantes, um pneu mais murcho do que o normal também contribui para elevar o consumo. Vale destacar que além dos valores de pressão recomendados para o veículo vazio ou carregado, alguns fabricantes estipulam também a calibragem ideal para obter o melhor rendimento em cada tanque.

Para isso, verifique o manual ou os adesivos instalados na lataria do automóvel. E faça o acerto de pressão sempre com os pneus frios. Ou seja: antes de o carro passar o dia todo sob o Sol e tendo rodado menos de 2 km.

Se livre do peso extra

Você é daqueles que sempre carrega a casa dentro do seu carro? Pois saiba que isso pode literalmente pesar no seu bolso. Todo peso adicional que é transportado exige mais força do veículo, que incorre em maiores gastos de combustível.

O mesmo vale para suportes de cargas externas, como bagageiros ou suportes para bicicletas, que contribuem para piorar o rendimento aerodinâmico do veículo.

GPS para dirigir

Muitas vezes deixamos de lado o navegador GPS por conhecermos de cabeça o caminho para determinado local. Mas nem sempre o trajeto habitual é o mais eficiente para o veículo.

Neste caso, vale usar a tecnologia para adotar rotas mais curtas ou aquelas com menos trânsito, permitindo economizar combustível e tempo.

Hábitos ruins

Rodar com o veículo na banguela é um daqueles mitos que seguem vivos para muitos condutores. Mas nos carros com injeção eletrônica, rodar assim não só representa um risco para a segurança, mas também contribui para piorar o consumo de combustível.

Isso acontece pois o sistema de injeção, com o câmbio engatado, é capaz de identificar quando o carro está em um declive e passa a injetar combustível apenas para manter o motor ligado. Algo que não acontece com o veículo em ponto morto.

Redação, Terra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui