TRF-4 manda soltar Eduardo Cunha

Com a revogação da prisão, ex-presidente da Câmara naõ precisará usar nem tornozeleira eletrônica

Por Hélio Rosa*

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) revogou nesta quarta-feira (28) a prisão do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. O ex-deputado, que estava em prisão em regime domiciliar, não irá mais usar tornozeleira eletrônica, apenas seu passaporte seguirá retido.

Mesmo assim Cunha seguirá em casa, devido a uma cautelar de recolhimento domiciliar contra ele fruto da operação Sepsis, que apura desvios na Caixa Econômica Federal.

Os advogados de Cunha farão uma consulta ao TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região), em Brasília, para saber quais são as condições da prisão preventiva determinada por esse tribunal no âmbito da operação Sepsis.

Como a ordem lhes parece vaga, segundo eles não há nem definição sobre o uso da tornozeleira, em breve Eduardo Cunha poderá andar pelas ruas totalmente livre.

A decisão foi tomada pelo tribunal por unanimidade.

*Com informações da CNN Brasil

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui