CLDF: Representar contra a livre expressão parlamentar deve ser considerado crime

Já pensou se a moda pega? Representar contra um deputado ou uma deputada por fazer um comentário?

Por Helio Rosa

O interessante é que um funcionário comissionado da Administração do Gama que foi espancado recentemente entrou com uma representação contra a deputada Julia Lucy na Mesa Diretora da CLDF por incitação à violência. Engraçado, quem o espancou não foi a deputada e nem tão pouco ela pediu que fizessem isso.

Ainda não se sabe o motivo que o funcionário público da Administração do Gama foi espancado. O caso está sendo investigado pela Delegacia daquela cidade.

Fato é que houve um comentário generalizado em rede social da deputada distrital Júlia Lucy (Novo), onde condenou qualquer ação suspeita de qualquer servidor que possa agir com cobrança de propina.

Neste caso, ele vai ter que representar contra muita gente por que o assunto de hoje que ocupa os bares e restaurantes de Brasília é a condenação de peculato de qualquer servidor público que agir indevidamente.

Comenta-se das prisões de servidores da saúde suspeitos de corrupção, destaca-se também o assunto da semana de três servidores do DETRAN-DF envolvidos por suspeitas de fraudes em licitação e outros que tentam usar de cargo público para benefício próprio.

O único benefício que o funcionário público tem de auferir é o que é de direito regimental, nada além disso. As vezes pessoas se sentem prejudicadas com este tipo de comportamento de um servidor, seja ele quem for, e não sabem como agir, isso é muito perigoso. Podem até usarem de violência!

Já pensou se a moda pega, cadê o direito legal do exercício da função parlamentar? A população lhe concede um mandato para ter livre expressão na manifestação do quê o cidadão anseia ou quer falar, pois a CLDF é a voz do povo!

Com certeza, o Presidente da Câmara Legislativa, deputado Rafael Prudente, não vai acatar este tipo de representação, senão vai abrir um precedente arriscado para o exercício do mandato parlamentar por restrição constitucional da liberdade de expressão.

Em minha avaliação, a deputada distrital Julia Lucy representa bem a CLDF para a opinião pública. Realmente, esta é a Casa que todos esperam do jeito que está sendo administrada pelo Presidente Rafael Prudente, com muita lisura, ética, liberdade e respeito ao povo e aos colegas mandatários.

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui