Cruzeiro, Octogonal e Sudoeste debatem o Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília nesta sexta (14) às 19h

O deputado Reginaldo Sardinha ressalta que comunidade deve ser chamada para participar do processo de elaboração do PPCUB e não apenas na fase de conclusão

A participação dos moradores do Cruzeiro, Octogonal e Setor Sudoeste na construção do Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB) será tema de audiência pública na noite desta sexta-feira (14) às 19h. O encontro remoto será transmitido ao vivo pela TV Web CLDF e pelo canal da Casa no Youtube, com participação pelo portal e-Democracia.

O autor da iniciativa, deputado Reginaldo Sardinha (Avante), argumenta que comunidade não deve ser chamada para participar do PPCUB apenas na fase de conclusão, mas sim durante o processo a fim de compreender sua elaboração e contribuir para sua construção. Assim, um dos objetivos do encontro será esclarecer a comunidade sobre a metodologia usada na constituição do plano.

O parlamentar contextualiza que a poligonal do Conjunto Urbanístico de Brasília (CUB) inclui as regiões administrativas do Plano Piloto, do Cruzeiro, do Sudoeste e Octogonal e da Candangolândia, ao citar a inscrição de Brasília como Patrimônio Mundial pela UNESCO.
Desse modo, “o PPCUB é um instrumento de política urbana de extrema relevância para a comunidade dessas localidades”, avalia Sardinha, que defende o zelo pelo conjunto urbanístico de Brasília.

Além de moradores e lideranças locais, como os administradores do Cruzeiro, Luiz Eduardo de Paula Pessoa, e do Sudoeste, Tereza Lamb, foram convidados para o encontro remoto a secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Distrito Federal (SEDUH), Giselle Moll; a subsecretária de Conjunto Urbanístico de Brasília, Izabel Borges; a gerente de projetos da Terracap, Bianca Ilha; e a representante do Conselho de Regional de Arquitetura,  Renata Rezende Castro Corrêa.

Leia Mais: Entenda o que é o PPCUB

Franci Moraes – Agência CLDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui