CLDF rejeita recurso para a instalação da CPI da Pandemia no DF

Após a seção esvaziada de ontem o governo se articulou e conseguiu evitar a CPI

Por Hélio Rosa

Na tarde desta quarta- feira (19/05) o plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal – CLDF rejeitou recurso que pedia a instalação de CPI para investigar possíveis desvios que teriam sido cometidos por autoridades do GDF na condução dos esforços da pandemia no Distrito Federal em 2020.

No ano passado a operação Falso Negativo da do Ministério Público do Distrito chegou até a prender o ex-secretário de saúde do DF, Francisco Araújo, e outros ocupantes do alto escalão da Secretaria.

Ontem a seção que deveria determinar ou não abertura da CPI foi “esvaziada”, com Deputaos deixando microfones abertos e imagens desligadas logo após votarem matérias de intersse do governo.

A situação gerou o temor de que pudesse haver “fogo amigo” caso a votação de fato se efetivasse.

Deputada se manifesta

A Deputada Júlia Lucy se manifestou contra a decisão nas redes sociais. Para ela o GDF precisa explicar as irregularidades apontadas na operação do Ministério Público, que entre outras coisas, acusa a compra de 48 mil testes falsos de Covid-19 além de outras possíveis irregularidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui