Encontro sábio de Flávia (PL) e Ibaneis (MDB) selam compromisso do momento

Ibaneis Rocha e Flávia Arruda, uma parceria de posição

Por Helio Rosa

Construir chapa majoritária no DF sempre foi um futuro incerto, só lembrarmos das eleições passadas que as decisões ocorreram nós últimos minutos das convenções, tudo por que existem grupos políticos e pesquisas eleitorais que devem ser levados em consideração.

Política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou” (Magalhães Pinto).

Agora, tomar posição no caminho percorrido sempre foi um ato de inteligência para manutenção de acordos, principalmente quando a oposição marca terreno e tenta construir uma chapa com Leila do Vôlei (PSB), Reguffe (Podemos) e Paula Belmonte (Cid), no outro lado Izalcy Lucas (PSDB) que não se encontrou e Ericka Kokay (PT) que não se definiu.

“Política no DF, um ‘sim’ pode dizer ‘não’ e um ‘não’ pode dizer ‘sim’,”  já dizia o ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda.

O Centrão representado no DF pela deputada federal Celina Leão (PP) e a ministra chefe Flávia Arruda (PL) ainda tem muito que conversar, até por que uma tem um espaço de 3.000% a mais do que a outra no governo Ibaneis Rocha (MDB).

“No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho”… (Carlos Drumond de Andrade)…

Uma reflexão para o momento, ano que vem será outra!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui