Grupo de escoteiros é arrombado na Asa Norte

O grupo fica dentro de um quartel do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal- CBMDF, mas nem isso intimidou os bandidos.

Por Hélio Rosa

A mais de 30 anos o Grupo Escoteiro Morais Antas realiza suas atividades dentro do quartel do Grupamento de Proteção Ambiental dos bombeiros, que fica localizado na 916 norte, e  a poucos metros da 2ª Delegacia de Polícia, mas nem isso foi capaz de por medo nos bandidos que arrombaram as instalações nesse final de semana.

Os bandidos furtaram equipamentos de acampamento e ferramentas utilizadas nas atividades dos escoteiros, além dos fios da rede elétrica, danificando o forro e telhado. Documentos também foram revirados e destruídos, possivelmente em busca de algo de valor.

“A perda de registros, memórias de anos de nosso grupo é que mais nos causa tristeza”, afirmou o chefe escoteiro Alexis.

Parceria de décadas

Os escoteiros têm a autorização para a utilização de espaço vago dentro do grupamento a mais de 30 anos, e recebe apoio do Corpo de Bombeiros. É uma parceria de longa data, o grupo tem inclusive foi batizado de “Morais Antas” justamente para homenagear o patrono dos bombeiros.

Obras e insegurança

No ano passado, bem ao lado da sede dos escoteiros, começaram as obras para a construção do quartel do novo Grupamento dos Bombeiros destinado ao trabalho com agentes químicos.

Ocorre que com a pandemia, a escassez de material e a elevação dos preços dos insumos a obra acabou sendo paralisada. Junte-se a isso o fato de a sede dos escoteiros estar sem utilização desde o início da pandemia e um senário de vulnerabilidade se instalou.

Também a relatos de que foram roubados pertences de dentro da obra que fica ao lado.

Os fatos foram registrados em Termo Circunstanciado e serão apurados pela 2º Delegacia de Polícia, que fica a poucos metros do local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui