Omar Aziz, presidente da CPI da Pandemia, está nas mãos de Bolsonaro

Senado aprovou alteração em benefícios fiscais da Zona Franca de Manaus

O Senado aprovou na noite de terça-feira, 22, uma alteração na medida provisória sobre impostos que deixou o senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI da Pandemia, nas mãos do presidente Jair Bolsonaro. Os senadores aprovaram uma alteração no texto original da MP 1034 e que tira benefício fiscal na Zona Franca de Manaus. Uma derrota política para Omar Aziz, que chegou a deixar ontem os trabalhos da CPI dizendo justamente que precisava se dedicar à votação da MP que mudaria a Zona Franca.

Se Bolsonaro sancionar o texto como aprovado, a venda de petróleo, lubrificantes ou combustíveis derivados para a região, proveniente de outros estados, não terá isenção de impostos. O líder do governo no Senado, senador Fernando Bezerra (MDB-PE) garantiu que este trecho será vetado. Mas nunca custa lembrar que Bolsonaro já fez ameaças de deixar Manaus sem a Zona Franca, que rendeu até uma resposta dura de Aziz, que no próximo ano vai enfrentar uma campanha para tentar se reeleger senador pelo Amazonas.

Josette Goulart, Veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui