Lázaro monitorava ação policial com perfil em rede social

Com elementos cinematográficos, a caçada à Lázaro Barbosa, de 32 anos, entra para o seu 20º dia nesta segunda (28/06). Ele tem conseguido esquivar de uma força-tarefa composta por um arsenal de profissionais, aparelhos e até bloqueios de estradas.

Acontece que entre o dia 15 de junho e o dia 18 de junho, Lázaro chegou a acompanhar toda a ação policial, por meio de um celular roubado. Como o celular era monitorado pela Polícia, logo houve a interceptação.

Em tom de provocação ou não, Lázaro criou um perfil falso no Facebook: Patrik Sousa e no avatar da foto inseriu a imagem de um helicóptero que realizava as buscas na região. Depois, ele adicionou outra foto, que mostram os policiais em terra com a frase: “As buscas não param. Breve estará nas mãos da polícia. Não volta em viatura, volta com o IML”.

No perfil, Lázaro tinha apenas um amigo que mora em Águas Lindas de Goiás e não é alvo da investigação policial. A página já foi retirada do ar.

Diário de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui