Disputa ao Buriti, cada jogada uma reação em sentido oposto

Aparentemente o principal enxadrista é Ibaneis, mas não é bem assim

Alguns jogadores do tabuleiro eleitoral nem aparecem ou até dizem que não estão jogando. Na verdade, vigora a terceira Lei de Newton, onde toda ação gera uma reação em sentido contrário de mesma intensidade.

Quando alguém dá uma entrevista anunciando a jogada, o outro lado já está conversando com o próximo competidor. Quer dizer, não pense que está “jantando” todo mundo. Muitas vezes para um xeque é preciso recuar.

Arruda, Reguffe, Leila, Izalcy, P.O, Eliana, Alírio, Fraga, Joe, Rollemberg, Magela e Belmonte, além de estarem no jogo eleitoral majoritário, possuem “mentores” auxiliando a todo o tempo.

Uma eleição no DF propensa para o segundo turno não garante a classificação de ninguém para continuar na disputa de forma antecipada. Até por que os palanques nos Estados dependem do cenário nacional, onde os principais protagonistas ainda não apresentaram suas estratégias e possíveis alianças partidárias.

Não se esqueçam: Bolsonaro, Lula, Moro e Ciro estão no comando!

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui