Mais 43 ônibus novos chegam para circular no Distrito Federal

Frota que opera na região norte do DF atinge 100% de renovação

O transporte público coletivo do Distrito Federal acaba de receber 43 ônibus novos; com isso, a frota de coletivos que atende às linhas da região norte do DF (Área 1) está totalmente renovada. Os veículos já estão sendo regularizados para começar a rodar.

Os novos veículos já estão em processo de regularização para começar a rodar | Foto: Divulgação/Semob

Os ônibus que chegaram são do tipo básico e vão operar nas linhas da Piracicabana, que atua no Plano Piloto, Sobradinho, Planaltina, Cruzeiro, Sobradinho 2, Lago Norte, Sudoeste/Octogonal, Varjão e Fercal.

No mês de junho foram substituídos 50 ônibus. A expectativa é que esses 43 veículos de agora sejam liberados até o início de agosto. Assim, a frota de 531 ônibus da Área 1 completa 100% de renovação. A maioria dos coletivos (415 carros) tem menos de dois anos de uso.

Mais segurança

“A responsabilidade do motorista é muito grande, pois são vidas que transportamos, e nessa hora um ônibus novo ajuda muito”Ricardo Cavalcante, motorista

A gerente de administração Lorena Guedes Vilela mora e trabalha próximo de casa, no Cruzeiro, mas conta que costuma usar o transporte público para resolver outras questões. Ela já utilizou os novos veículos. “Acho importante a renovação e modernização da frota porque traz conforto e segurança para os usuários durante as viagens, principalmente para aqueles que necessitam do transporte público diariamente ”, disse.

A renovação dos ônibus no DF está ocorrendo de forma gradativa, de acordo com a idade e o tipo de veículo, conforme previsto em regulamento. Miniônibus e ônibus básicos são renovados a cada sete anos; veículos das categorias Padron e articulados, a cada dez anos.

A tecnologia dos novos ônibus também é aliada dos motoristas. “É mais segurança para quem dirige e conforto para quem viaja”, disse Ricardo Cavalcante, que trabalha em transporte há mais de 13 anos. Ele conta que as pessoas entram no ônibus e logo pegam o celular, sem se preocupar com segurança. “A responsabilidade do motorista é muito grande, pois são vidas que transportamos, e nessa hora um ônibus novo ajuda muito, com sistema de freio e estabilidade muito melhor do que os antigos”, apontou. “Ficamos felizes por ver a renovação da frota; isso favorece muito o nosso trabalho”.

Chico Neto, Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui