Bolsonaro chega à São Paulo intubado e será avaliada possível cirurgia

Presidente passou mal e deu entrada no hospital na capital federal, durante a madrugada desta quarta-feira, após sentir dores abdominais | Foto: Alan Santos / PR / Divulgação / CP

O presidente Jair Bolsonaro chegou, no final da tarde desta quarta-feira, em São Paulo, onde passará por avaliação médica para verificar a necessidade ou não de uma cirurgia de emergência.

O chefe do Executivo foi internado no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, durante a madrugada e exames apontaram para uma obstrução intestinal.

Bolsonaro é acompanhado pelo médico cirurgião Antônio Macedo, responsável pelas cirurgias no abdômen do presidente decorrentes do atentado a faca ocorrido em Juiz de Fora (MG), durante a campanha eleitoral. O presidente passou mal e deu entrada no hospital na capital federal, durante a madrugada desta quarta-feira, após sentir dores abdominais.

O chefe do Executivo vinha se queixando de uma crise de soluços desde a semana passada. Na live da última quinta-feira, pediu desculpas, disse que estava com os sintomas há mais de uma semana e que talvez não consiga se expressar de forma adequada.

Bolsonaro passou por algumas cirurgias em decorrência da facada da qual foi vítima, na cidade mineira em 2018. Nas redes sociais, o presidente disse que a nova internação é em decorrência da “tentativa de assassinato” que buscava “impedir a vitória de milhões de brasileiros que queriam mudanças para o Brasil”.

Afirmou, ainda, que se trata de “um atentado cruel contra a nossa democracia”. Bolsonaro conta que, por Deus, foi lhe dada uma nova oportunidade “para enfim colocarmos o Brasil no caminho da prosperidade”. Agradeceu, ainda, orações e o apoio recebido desde que foi internado. Compartilhou, ainda, uma imagem no hospital: “Mais um desafio”.

Mais cedo, o presidente postou em sua rede social

R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui