Política no DF está em ebulição, a eleição antecipada toma conta

Alguns players políticos só tem em mente a eleição, até parece que é em outubro deste ano. Esquecem que ainda faltam 15 meses

A velocidade nas reuniões, articulações, nominatas e alianças estão em polvorosa, quando se reúne 50 pessoas em um grupo, são no mínimo 50 assuntos diferentes para se administrar.

As bolas nas costas começam, pessoas falando da outra para alcançarem seus objetivos, centenas de analistas aparecem, coordenadores, estrategistas se manifestam ser os melhores. Nem mesmo o aumento do fundo eleitoral foi sancionado e já gastam por conta com as promessas mirabolantes.

Palavras-chaves devem ser observadas quando chega um convite para compor um grupo e que possa se manter estruturado o projeto político, tais como credibilidade, humildade, honestidade e fidelidade.

Pessoas com essas qualidades estão formando nominatas sem partido, ao contrário de muitos que possuem partidos, cargos e dinheiro e não conseguem garantir a construção de uma nominata sólida sequer.

Não adianta tentar “emprenhar pelo ouvido” com ilusões e falsas promessas, principalmente com conversas desvirtuadas para descontruir o trabalho do outro.

Na verdade, quem tem interesse de participar da eleição em 2022 não deve se antecipar muito nas ações individuais, por que até o ano vem, muita água correrá debaixo da ponte, deve sim procurar um grupo político de credibilidade para respaldar as suas bandeiras.

Sem uma orientação estratégica, não se sabe nem se o determinado partido político vai existir e nem tão pouco se oferecerá vaga ou uma “surpresinha”, ou quem será o candidato da chapa à governador ou à presidente da república.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui