Alexandre de Moraes é alvo de outros seis pedidos de impeachment no Senado

Alvo de um pedido de impeachment apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro no Senado nesta sexta-feira (20), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes é alvo de outros seis pedidos de afastamento protocolados em 2021.

Todos estão parados na advocacia do Senado desde que foram protocolados. Alguns versam sobre o inquérito das fake news, relatado por Moraes, outros sobre a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

O parlamentar foi preso em fevereiro após fazer apologia ao AI-5, mais duro instrumento de repressão da ditadura militar, e por defender agressões e destituição de ministros do Supremo. Ele foi posto em prisão domiciliar, mas voltou a ser preso em junho após violar as regras de uso de sua tornozeleira eletrônica.

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) assina dois pedidos: um, de fevereiro de 2021, questiona o inquérito das fake news e pede o afastamento de Moraes por ele ter determinado a prisão de Silveira. No outro, Kajuru assina o pedido com os colegas senadores Eduardo Girão (Podemos-CE), Lasier Martins (Podemos-RS, Styvenson Valentim (Podemos-RN) e Luis Carlos Heinze (PP-RS).

Roberto Jefferson, preso na última sexta-feira por decisão de Moraes acusado de incitar a violência e integrar uma suposta milícia digital, também é autor de um dos pedidos de impeachment contra Moraes. Na inicial, protocolada em fevereiro, o presidente nacional do PTB acusa Moraes de agir de forma “político-partidária” na condução do inquérito das Fake News – que tem o ex-deputado federal como alvo.

Os outros pedidos de afastamento de Moraes foram protocolados por cidadãos, incluindo um militar da Marinha. Ao todo o STF tem pelo menos 11 pedidos de impeachment contra ministros do STF.

Além dos 7 contra Moraes (6 antigos e mais um, apresentado nesta sexta-feira por Bolsonaro), são alvos de pedidos de afastamento os ministros Gilmar Mendes, Edson Fachin e Carmen Lúcia. Há, ainda, um pedido que pede o afastamento de todos os ministros da Suprema Corte.

CNN Brasil

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui