Os pedrosas e os belmontes poderão definir uma eleição

Recurso financeiro, máquina partidária, frente política e poder de agregação são instrumentos que impulsionam uma campanha eleitoral

O empresário e distrital Eduardo Pedrosa recentemente se filiou ao DEM, um partido de grande estrutura. Agora, será sua tia empresária, a ex-distrital de três mandatos, Eliana Pedrosa, que promoverá amanhã (14) seu ato de filiação ao PDT, partido também de grande potencial.

A empresária e deputada federal Paula Belmonte irá para o PROS, partido bem instrumentalizado, e ao sair do Cidadania, manterá por lá a boa articulação com o ex-senador Cristovão Buarque e a senadora Leila do Vôlei. Seu esposo, o empresário e primeiro suplente ao Senado, Felipe Belmonte, tem um acordo de 04 anos com o senador Izalcy Lucas do PSDB, também um partido de grande porte.

Tudo indica que as duas frentes dos pedrosas e dos belmontes já agregaram também suas forças políticas a do bem pontuado jornalista e senador Reguffe do Podemos, um partido de ascensão eleitoral.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui