Inscrições abertas: veja como obter o Selo Empresa Amiga da Primeira Infância

As empresas interessadas têm até o dia 15 de novembro para se adequarem aos requisitos para a concessão do selo, que é uma iniciativa da Procuradoria da Mulher da CLDF

Estão abertas as inscrições para o Selo Empresa Amiga da Primeira Infância, iniciativa da Procuradoria da Mulher da Câmara Legislativa que visa reconhecer e estimular iniciativas institucionais que assegurem o direito da criança à educação, ao lazer, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar. De acordo com a procuradora da Mulher, deputada Júlia Lucy (Novo), o Selo “é uma ótima oportunidade para a empresa ganhar apreço e visibilidade, além de se tornar referência em um processo mais inclusivo de se pensar o ambiente de trabalho no modelo do que as principais empresas do mundo já fazem”.
Júlia Lucy ressalta a importância de as instituições observarem os cuidados com os filhos dos colaboradores, pois os estímulos recebidos na infância “são cruciais para seu desempenho na fase adulta”. Segundo a distrital, quem não possuir todos os requisitos ainda pode se adaptar, pois as inscrições seguem até 15 de novembro.
As empresas públicas ou privadas que forem selecionadas poderão utilizar a informação do reconhecimento e a marca gráfica do Selo em suas peças publicitárias, embalagens de produtos e sítio eletrônicos, incentivando outras instituições a adotarem as medidas solicitadas e, assim, afirmarem que são Amigas da Primeira Infância.
Para receber a condecoração, basta cumprir três dos seguintes requisitos:
 
  1. Possuir berçário para crianças de até 18 meses de idade no espaço das empresas.
  2. Oferecer seguro de saúde extensível aos filhos de 0 a 6 anos.
  3. Possuir espaço na empresa destinado aos cuidados diários para os filhos de 0 a 3 anos de idade de funcionários ou, convênio com creche, desde que apresentado comprovação do termo de convênio assinado pelas partes ou, comprovar a disponibilização de auxílio-creche.
  4. Possuir licença paternidade estendida.
  5. Possuir espaço destinado à amamentação.
  6. Possuir programas para gestantes para debates de assuntos relacionados à gravidez, como pré-natal, amamentação, banhos e outros cuidados com as crianças durante os nove meses de gestação.
  7. Flexibilizar horários ou incentivar o home-office para funcionários, pais e mães, que possuem filhos de 0 a 6 anos a fim de atender as necessidades das crianças.
  8. Fomentar campanhas de adoção de crianças e adolescentes, além de outros incentivos para a ação.
  9. Possuir programas que incentivem as funcionárias gestantes a realizarem todas as consultas pré-natais.
    ​​​​​
As inscrições são gratuitas e o resultado será divulgado no Portal CLDF em até 15 dias úteis após o recebimento da documentação da firma candidata.
Mais informações: [email protected]

Agência CLDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui