Bottas vence o GP da Turquia de F1 e Verstappen reassume a liderança do mundial

Foi a 10ª vitória da carreira de Bottas, que não vencia na Fórmula 1 desde a Rússia 2020.

Matéria: F1 mania

Valtteri Bottas venceu de ponta a ponta o Grande Prêmio da Turquia de Fórmula 1. Largando na pole-position, o piloto da Mercedes fez uma corrida tranquila para terminar mais de 10 segundos à frente do segundo colocado Max Verstappen. A Red Bull dominou o pódio turco, já que Sergio Perez superou um Ferrari nos estágios finais da corrida para ficar com a última posição no pódio.

 

View this post on Instagram

 

Uma publicação compartilhada por FORMULA 1® (@f1)

Lewis Hamilton terminou na quinta posição, atrás de Charles Leclerc. O britânico ficou na pista com os intermediários até os estágios finais, mas depois de uma discussão com a equipe, parou nas voltas finais e caiu da P3 para a P5. Hamilton insistia pelo rádio que conseguiria terminar a corrida, mas obedeceu a ordem de sua equipe, que se mostrou errada no fim.

A corrida

A chuva obrigou todos os pilotos usarem os pneus intermediários. Bottas largou bem e manteve a liderança. O finlandês largou bem e não deu chances para Max Verstappen tentar o ataque.

A situação de Alonso foi diferente. O espanhol largou por fora, mas acabou sendo tocado por Gasly que, por sua vez, era pressionado por Perez. Alonso rodou e voltou atrás do pelotão. O incidente entre Gasly e Alonso foi para investigação dos comissários. Gasly recebeu uma penalidade de cinco segundos.

Hamilton fez uma largada tranquila na Turquia. O britânico foi o mais rápido na qualificação, mas perdeu a pole devido à penalidade de 10 posições no grid pela troca do motor.

O piloto da Mercedes ganhou a posição de Alonso e ultrapassou Vettel na primeira volta, mas ficou preso atrás de Tsunoda.

Alonso, tentando recuperar as posições perdidas depois da rodada na curva 1, acertou em cheio Mick Schumacher. O espanhol foi penalizado pelos comissários em cinco segundos.

Na volta 9, Hamilton finalmente conseguiu ultrapassar Tsunoda e partiu para cima de Stroll. O heptacampeão não teve dificuldades para ultrapassar o canadense e subir para a P7.

O próximo no caminho de Hamilton era Norris. O piloto da Mercedes se aproximou rapidamente e ultrapassou seu compatriota com facilidade, assumindo a sexta posição.

Lá na frente, Bottas liderava tranquilo com 2,8s de vantagem para o segundo colocado Verstappen. Leclerc era o terceiro colocado, à frente de Perez, em quarto, e Gasly, em quinto.

Na volta 14, Hamilton pegou o vácuo atrás de Gasly e ultrapassou o francês. O britânico já ocupava a quinta posição e tinha Perez como o próximo alvo, seis segundos à sua freinte.

Alguns giros depois, no 22, a diferença entre Hamilton e Perez era de três segundos. Enquanto isso, Ricciardo foi aos boxes e voltou com pneus slicks, mas a escolha se mostrou errada com a volta da chuva.

Hamilton tirava 0,5s por volta de Perez e tentou a ultrapassagem na volta 34. Os dois bateram roda antes de Perez ficar com a P1 na primeira curva.

Na volta 36, Verstappen foi o primeiro do pelotão da frente a fazer sua parada e voltou à frente do Perez. Dois giros depois, Perez fez sua troca de pneus.

Vettel tentou colocar os pneus macios, mas a pista ainda estava molhada e o alemão não conseguia nenhuma aderência na pista.

Com as paradas, Leclerc assumiu a liderança, mas ainda precisava fazer seu pit-stop obrigatório.

Bottas se aproximou rapidamente de Leclerc e fez a ultrapassagem na curva 1. Leclerc aproveitou e fez seu pit-stop, retornando à pista com intermediários novos.

Hamilton fez sua parada nos estágios finais da corrida. Mesmo pedindo para a equipe pedindo para ele ir aos boxes, o britânico insistia que conseguiria terminar a corrida com os intermediários que largou.

Mas Hamilton foi aos boxes, obedecendo a ordem da Mercedes, e voltou na quinta posição. A diferença era grande para o quarto colocado Perez.

Perez ultrapassou Leclerc e assumiu a terceira posição, enquanto a Ferrari não demonstrava um bom ritmo das voltas finais do GP da Turquia.

Nas duas últimas voltas, Hamilton ainda foi pressionado por Gasly. O britânico reclamou muito pelo rádio da estratégia da Mercedes. “Me deixe em paz”, disse Hamilton quando seu engenheiro entrou no rádio avisando que Gasly se aproximava rapidamente.

No fim, Bottas venceu o GP da Turquia de Fórmula 1 com mais de 10 segundos de vantagem para o segundo colocado Verstappen. O finlandês ainda cravou a volta mais rápida da corrida e faturou o ponto extra.

O campeonato

Max Verstappen reassumiu a liderança do mundial 2021 da Fórmula 1 depois da P2 na Turquia. Verstappen tem agora 262,5 pontos, contra 256,5 do segundo colocado Lewis Hamilton.

Com a vitória deste domingo, Valtteri Bottas abriu 32 pontos de vantagem para o quarto colocado Lando Norris. O finlandês foi a 177, contra os 145 do piloto da McLaren.

Sergio Perez é o quinto colocado com 135 e Carlos, escolhido o piloto do dia na Turquia, é o sexto com 116,5.

Nos construtores, a Mercedes abriu mais vantagem na liderança. São 433,5 da equipe alemã, enquanto a Red Bull tem 397,5.

A briga pela terceira força do grid de 2021 segue aberta. A Ferrari foi bem na Turquia e se aproximou da McLaren. A equipe de Woking tem 240 pontos, contra os 232,5 da Scuderia.

A Alpine ocupa a quarta posição com 104 pontos e a AlphaTauri é a quinta com 92.

Confira o resultado do Grande Prêmio da Turquia de Fórmula 1:

1) Valtteri Bottas (Mercedes)
2) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
3) Sergio Pérez (Red Bull/Honda)
4) Charles Leclerc (Ferrari)
5) Lewis Hamilton (Mercedes)
6) Pierre Gasly (AlphaTauri/Honda)
7) Lando Norris (McLaren/Mercedes)
8) Carlos Sainz Jr. (Ferrari)
9) Lance Stroll (Aston Martin/Mercedes)
10) Esteban Ocon (Alpine/Renault)
11) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
12) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
13) Daniel Ricciardo (McLaren/Mercedes)
14) Yuki Tsunoda (AlphaTauri/Honda)
15) George Russell (Williams/Mercedes)
16) Fernando Alonso (Alpine/Renault)
17) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes)
18) Sebastian Vettel (Aston Martin/Mercedes)
19) Mick Schumacher (Haas/Ferrari)
20) Nikita Mazepin (Haas/Ferrari)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui