Após ensaio fotográfico no velório do pai, influencer é banida do Instagram

“Eu não senti que havia algo de errado com o que eu estava fazendo”, disse a jovem

A jovem influenciadora que fez uma sessão de fotos em frente ao caixão do próprio pai e que gerou revolta entre os internautas acabou sendo punida pelo Instagram. Jayne Rivera, que mora na Flórida, EUA, teve sua conta encerrada dois dias após o velório do homem, que aconteceu no dia 11 de outubro.

Nas fotos, Jayne faz uma série de poses, sorrindo, sensualizando, e até fazendo um gesto de oração com as mãos. O que não agradou nem um pouco os internautas, que não pouparam críticas.

“Eu não senti que havia algo de errado com o que eu estava fazendo. Você não podia vê-lo (o pai) nas imagens”, disse Jayne à NBC 6, nesta quinta-feira (29). A jovem ainda relatou que está acompanhando os comentários, e que eles são odiosos e abusivos.

Ela declarou que não fez nada de errado e que o pai não veria nenhum problema. “É meu pai e posso postar o que quiser com ele”, disse. “Ele não ficaria bravo. Acho que meu pai está olhando para baixo, torcendo por mim, dizendo: ‘essa é minha garota'”, afirmou.

Correio 24 horas

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui